O Que Comer Quando Está Com Diarréia

No Brasil, existe um número específico para agendar consultas médicas que pode ser acessado apenas dentro do país. Essa linha telefônica tem o custo de uma chamada local.

Quando estamos enfrentando um episódio de diarreia, é essencial optar por alimentos de fácil digestão. Alguns exemplos são pão branco, arroz branco e macarrão branco. Também é recomendado consumir carnes magras, como frango e peixe, além de frutas sem casca. Esses alimentos auxiliam na digestão, controlam o volume das evacuações e aliviam as dores abdominais.

Para prevenir desconforto e episódios de diarreia, é recomendado evitar o consumo de alimentos processados e ricos em gordura, como molhos prontos, frituras e embutidos. Além disso, é aconselhável evitar alimentos que podem causar excesso de gases no organismo, tais como feijão, grão-de-bico, brócolis e bebidas carbonatadas. É importante estar ciente dos alimentos que podem ocasionar flatulência.

Além disso, é fundamental aumentar o consumo de líquidos como água, chás, sais de reidratação oral e sopas para repor os minerais perdidos e prevenir a desidratação.

9 alimentos recomendados para diarreia

Existem 9 alimentos que são recomendados para consumo durante episódios de diarreia.

Alimentação adequada para combater a diarréia

A maçã sem casca, tanto crua quanto cozida, é uma excelente escolha para ser incluída na alimentação durante episódios de diarreia. Isso se deve ao fato de que ela possui baixo teor de fibras insolúveis, um tipo de fibra que pode acelerar os movimentos intestinais e facilitar a passagem dos alimentos pelo trato digestivo.

Ao consumir frutas durante episódios de diarreia, é recomendado evitar a ingestão da casca, sementes e bagaço. Isso ocorre porque essas partes das frutas contêm altos níveis de fibras insolúveis, o que pode agravar os sintomas da diarreia. Portanto, é importante descartá-las antes do consumo para garantir uma melhor digestão e alívio dos desconfortos causados pela condição.

Opções alimentares para aliviar a diarréia

A batata é um tubérculo que possui baixo teor de fibras e é facilmente digerida, o que contribui para prevenir episódios de diarreia. É recomendado consumir a batata sem casca e em preparações com pouca gordura, como purê, assados ou cozidos.

3. Banana verde

A banana verde é rica em fibras solúveis, que são benéficas para regular os movimentos intestinais e promover a saúde da flora intestinal, auxiliando no controle da diarreia. A fruta pode ser consumida tanto crua quanto cozida.

4. Peixes

Peixes de carne branca, como linguado, pescada, bacalhau e robalo, possuem baixo teor de gordura e podem auxiliar na prevenção da diarreia.

Além disso, o peixe e outras proteínas magras como frango, ovos, tofu, queijo branco e cortes magros de carne bovina também são fundamentais para fortalecer o sistema imunológico e prevenir a perda de massa muscular.

Opções de Alimentação para Combater a Diarreia

Durante episódios de diarreia, é possível consumir goiaba sem casca, pois ela contém baixos níveis de fibras insolúveis que auxiliam no controle dos movimentos intestinais.

Existem diversas frutas que podem ser consumidas sem a necessidade de retirar a casca, como goiaba, caju, maracujá, pêssego e limão.

Orientações alimentares para casos de diarréia

O arroz branco é recomendado como parte da alimentação durante episódios de diarreia, devido ao seu baixo teor de fibras.

Além do arroz branco, existem outros cereais com baixo teor de fibras que podem ser incluídos na alimentação, como fubá, pão branco, macarrão branco, torrada e bolacha de água e sal.

7. Cenoura cozida

Durante episódios de diarreia, é recomendado consumir cenoura cozida e sem casca. Isso se deve ao fato de que a versão cozida tem menor teor de fibras em comparação com a crua e com casca. Além disso, a cenoura contém pectina, uma fibra que auxilia na digestão ao prolongar o tempo do processo, resultando em menos evacuações.

Além disso, existem outras opções de vegetais que podem ser incluídas na alimentação, como a abobrinha, chuchu, batata, inhame, cenoura, abóbora, berinjela e feijão verde.

O Que Consumir Durante um Episódio de Diarreia

A ingestão de água de coco é benéfica no tratamento da diarreia, uma vez que auxilia na reposição dos nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, como o potássio e o sódio. Durante as crises de diarreia, ocorre a perda significativa desses nutrientes. Portanto, a água de coco pode ser uma opção natural e saudável para ajudar a repor essas substâncias vitais ao corpo.

Alimentação adequada para tratar a diarréia

A pera sem casca, tanto crua quanto cozida, é um aliado no combate à diarreia devido ao seu alto teor de fibras solúveis. Essas fibras ajudam a regular o trânsito intestinal e controlar o volume das fezes. Além disso, a pera também é rica em água, contribuindo para a hidratação do corpo.

Como iniciar a dieta

Uma opção recomendada para começar a se alimentar é através de uma dieta líquida. Essa dieta pode incluir caldos ou sopas feitas em casa, sucos de maçã, pêra ou pêssego que são liquefeitos e coados, gelatina, chás como camomila, louro ou goiaba, além da água de arroz. É importante ressaltar que essa fase inicial deve ser composta apenas por alimentos líquidos.

Após a fase de dieta líquida, é possível avançar para uma alimentação mais sólida, incluindo alimentos de fácil digestão. Exemplos desses alimentos são arroz branco, macarrão de arroz, macarrão comum, polenta e batata sem pele ou em forma de purê. Também podem ser adicionados legumes cozidos como cenoura, chuchu ou abobrinha frescos e ainda quentes para auxiliar na digestão. Esses carboidratos podem ser acompanhados por ovos, frango sem pele ou peixe desfiado.

You might be interested:  Música Popular Brasileira: O Que É?

Outras opções de alimentos que podem ser consumidos incluem pão branco, biscoitos de arroz ou milho, biscoito cream cracker, frutas como banana verde, maçã, pêra, pêssego e goiaba sem casca. Além disso, é possível optar por queijos brancos com baixo teor de gordura como ricota ou requeijão.

Alimentos a serem evitados durante episódios de diarréia

Para melhorar a diarreia, é essencial evitar certos alimentos que podem agravar o problema.

Existem diversos alimentos que devemos evitar em nossa dieta diária. Alguns exemplos incluem aqueles ricos em gordura, como frituras, nuggets, pizzas e fast food. Também é recomendado reduzir o consumo de laticínios como leite, queijos amarelos, manteiga e creme de leite.

Frutas laxantes como laranja, mamão, abacate, kiwi, figo e banana madura também devem ser consumidas com moderação. Oleaginosas como nozes, castanha do Brasil (castanha-do-pará), amendoim e avelãs são deliciosas mas devem ser evitadas em excesso.

Cereais integrais como arroz integral, macarrão integral,pão integral e aveia são ótimos para uma alimentação saudável. Vegetais folhosos verdes escuros tais quais alface,rúcula,couve,manteiga,bertalha , acelga e agrião também fazem parte dessa lista.

Alimentos que causam gases podem trazer desconforto ao nosso organismo. Exemplos desses alimentos incluem feijões,rabanete grão-de-bico brócolis couve-flor repolho lentilha batata-doce entre outros legumes crucíferos .

Evitar carnes gordurosas é importante para manter uma dieta equilibrada.Picanha contra filé fraldinha bacon cordeiro porco são exemplos desses tipos de carne .

Alimentos industrializados contêm muitos aditivos prejudiciais à saúde.Portanto,ketchup maionese sorvete macarrão instantâneo estão nessa categoria

Temperar nossas refeições pode ser delicioso, mas é importante evitar o consumo excessivo de pimenta curry alho e cebola.

Embutidos como linguiça presunto salame copa mortadela também devem ser evitados em nossa alimentação diária.

Alimentos ricos em açúcares são prejudiciais à saúde e podem levar a problemas como diabetes e obesidade.Açúcar de mesa geleias chocolates bolos sucos de frutas pasteurizados frutas secas e frutas em calda estão nessa lista.

Bebidas carbonatadas como espumantes refrigerantes energéticos devem ser consumidas com moderação. O mesmo se aplica às bebidas que contêm cafeína, tais como café chá verde mate chá preto

É importante evitar o consumo de bebidas esportivas, como o Gatorade, durante episódios de diarreia, pois elas contêm açúcares que podem agravar os sintomas. Da mesma forma, é recomendado evitar também as bebidas alcoólicas.

Fruta eficaz no tratamento da diarreia

A cenoura é outro alimento recomendado para quem está com diarreia. Ela é rica em fibras solúveis, que ajudam a regularizar o funcionamento do intestino. Além disso, a cenoura também contém vitaminas e minerais essenciais para manter nosso organismo saudável.

A banana é uma fruta muito indicada durante episódios de diarreia. Ela possui propriedades adstringentes naturais que podem auxiliar no controle da diarréia. Além disso, as bananas são ricas em potássio e outros nutrientes importantes para repor os eletrólitos perdidos durante esse período.

Outros alimentos recomendados incluem maçã (sem casca), melancia, carnes brancas (como frango ou peixe), arroz ou caldo de arroz e sopa de legumes. Esses alimentos são leves e fáceis de digerir, além de fornecerem nutrientes necessários para recuperarmos nossa saúde intestinal.

É importante ressaltar que cada pessoa reage de forma diferente aos alimentos durante um episódio de diarreia; portanto, sempre consulte um profissional da saúde antes de fazer qualquer mudança na sua alimentação quando estiver enfrentando esse problema específico.

Cardápio de 3 dias para enfrentar a diarreia

Segue abaixo um exemplo de cardápio recomendado para ser seguido durante episódios de diarreia:

É importante garantir uma boa hidratação ao enfrentar problemas como a diarreia. Além de consumir bastante água e infusões, é possível preparar o soro caseiro para repor nutrientes essenciais e evitar a desidratação. Aprenda agora mesmo como fazer essa solução em casa.

Confira no vídeo abaixo algumas dicas de alimentos recomendados durante a ocorrência de diarreia.

Alimentos recomendados para infecção intestinal

O tratamento para infecção intestinal visa aliviar os sintomas e requer algumas medidas. É recomendado que a pessoa afetada descanse adequadamente, evitando atividades físicas intensas. Além disso, é importante manter-se hidratado, bebendo bastante líquidos como água, chás ou sucos naturais.

Outra dica prática é evitar o consumo de alimentos crus ou mal lavados, pois podem conter bactérias causadoras de infecções intestinais. Certifique-se sempre de higienizar corretamente frutas, verduras e legumes antes do consumo.

Além disso, lembre-se de não se automedicar durante uma infecção intestinal. Procure um médico para obter um diagnóstico correto e receber orientações adequadas sobre medicamentos específicos para tratar sua condição.

Tratamentos naturais para combater a diarreia

Existem opções de remédios naturais que podem ser utilizados para aliviar os sintomas da diarreia, como o chá de camomila, chá de folha de goiabeira e água de arroz. Esses recursos caseiros podem ser combinados com uma dieta adequada para ajudar a amenizar os desconfortos causados pela diarreia.

Existem algumas opções de remédios caseiros que podem auxiliar na hidratação do corpo e no combate à diarreia. Aprenda a preparar esses remédios em casa.

Duração padrão de uma diarreia

A diarreia é uma condição comum que se caracteriza por fezes soltas, aguadas ou pela necessidade frequente de defecar. Na maioria dos casos, a diarreia dura apenas alguns dias e desaparece sem a necessidade de tratamento específico. No entanto, quando a diarreia persiste por mais de 4 ou 5 dias, pode ser um sinal de um problema mais grave e deve-se procurar ajuda médica para investigação.

Para prevenir a ocorrência da diarreia, é importante adotar medidas higiênicas adequadas. Lavar as mãos regularmente com água e sabão antes das refeições e após usar o banheiro é essencial para evitar a contaminação por bactérias ou vírus causadores da doença. Além disso, consumir alimentos bem cozidos e armazenados corretamente também contribui para reduzir os riscos.

Quando ocorrer um episódio de diarreia leve, algumas medidas podem ajudar no alívio dos sintomas. É recomendado aumentar o consumo de líquidos como água mineral ou chás suaves para evitar a desidratação causada pela perda excessiva de fluidos através das fezes soltas. Alimentos leves como arroz branco cozido, batata cozida ou banana também podem ser incluídos na dieta durante esse período.

You might be interested:  Dicas para Aumentar a Massa Muscular

No entanto, caso os sintomas persistam além do período considerado normal (4/5 dias), é fundamental buscar orientação médica imediatamente. O profissional realizará uma avaliação clínica detalhada e poderá solicitar exames complementares para identificar possíveis causas subjacentes da diarreia prolongada. O tratamento adequado dependerá do diagnóstico estabelecido pelo médico, que poderá incluir medicamentos específicos ou outras intervenções necessárias para solucionar o problema de saúde identificado.

Lembrando sempre que a prevenção é a melhor forma de evitar problemas relacionados à diarreia. Portanto, adotar hábitos saudáveis de higiene e alimentação, além de buscar ajuda profissional quando necessário, são atitudes importantes para manter o bem-estar e a qualidade de vida.

Quando é necessário utilizar medicamentos

É essencial seguir a orientação médica ao utilizar medicamentos para tratar a diarreia. Isso ocorre porque, em casos de infecção intestinal, tomar remédios para interromper a diarreia pode impedir que o organismo elimine os microrganismos responsáveis pelo problema.

Quando a diarreia não é resultado de infecções bacterianas, fúngicas ou virais, o médico pode optar por receitar medicamentos antidiarreicos, como loperamida e racecadotrila. Esses remédios têm a função de reduzir as contrações intestinais e minimizar os episódios de diarreia.

Adicionalmente, o profissional de saúde pode recomendar a utilização de suplementos probióticos, como Lactobacillus reuteri , Lactobacillus rhamnosus e Lactobacillus casei. Esses microrganismos vivos têm a capacidade de equilibrar a flora intestinal, auxiliando no combate à diarreia.

Qual suco é recomendado para diarreia?

Outra dica é optar por carnes magras sem gordura, como frango e peixe sem pele. Essas carnes podem ser preparadas assadas, grelhadas ou cozidas para evitar o consumo excessivo de gorduras que podem irritar ainda mais o intestino durante um episódio de diarreia.

Além disso, é recomendado consumir tomate sem pele e sementes. Isso porque essas partes do tomate contêm substâncias que podem causar irritação no intestino em pessoas sensíveis ou durante um quadro de diarreia.

Para sobremesa ou lanches leves, pode-se optar por gelatina, sagu ou purê de frutas feitos com maçãs, peras, banana-maçã ou goiaba. Essas opções são fáceis de digerir e fornecem nutrientes importantes para manter a energia durante esse período delicado.

Lembrando sempre que cada pessoa pode reagir diferente aos alimentos durante um episódio diarréico. É fundamental consultar um médico ou nutricionista antes fazer mudanças na dieta para garantir uma alimentação adequada às necessidades individuais.

Quando buscar atendimento médico

Consultar um médico gastroenterologista é fundamental quando surgem sintomas relacionados ao trato gastrointestinal. Alguns sinais de alerta incluem desconforto abdominal persistente, alterações no hábito intestinal, presença de sangue nas fezes ou vômitos frequentes. É importante buscar atendimento especializado para que o profissional possa realizar uma avaliação adequada e indicar o tratamento mais adequado para cada caso.

Existem alguns sinais que indicam a necessidade de buscar ajuda médica quando se está lidando com diarreia. Se os sintomas persistirem por mais de uma semana, é importante procurar um profissional de saúde. Além disso, se houver sinais de desidratação, como boca e pele secas, pouca urina, fraqueza e indisposição, é recomendado buscar atendimento médico imediato. Dor abdominal intensa e duradoura também deve ser motivo para consultar um médico. Outros sinais preocupantes incluem fezes escuras ou com sangue ou muco visível. Por fim, caso haja presença de febre alta junto à diarreia, é essencial procurar orientação médica o mais rápido possível.

É fundamental ter em mente que a diarreia pode ser mais séria em crianças e idosos, portanto é necessário tomar precauções especiais nessas situações. Caso a diarreia persista por mais de três dias, mesmo com alterações na alimentação, é recomendado buscar auxílio médico.

Agende uma consulta com os nossos profissionais de nutrição e desfrute de um atendimento personalizado, feito especialmente para você.

Encontrável em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Assista ao vídeo abaixo para conferir outras circunstâncias que podem requerer assistência médica.

Por favor, adote as orientações contidas nesta mensagem de email para que possamos manter contato e fornecer uma resposta à sua pergunta. Gentileza redigir o texto utilizando suas próprias palavras, sem expandir o assunto, mantendo-o conciso e direto ao ponto. O idioma utilizado deve ser o português do Brasil.

Nós mantemos nossos conteúdos sempre atualizados com as informações científicas mais recentes, garantindo assim um alto padrão de qualidade.

  • 17 de janeiro, 2024 (Versão atual)

Aqui estão algumas referências úteis sobre dicas alimentares para pessoas com diarreia, tanto em adultos quanto em crianças. A University Health Network oferece informações valiosas sobre o assunto, enquanto a World Gastroenterology Organisation fornece uma perspectiva global sobre a diarreia aguda. Além disso, a Direção Geral de Saúde aborda especificamente a alimentação e hidratação de pacientes com Covid-19 que se recuperam em casa após receberem alta hospitalar. Esses recursos podem ser consultados para obter orientações adequadas sobre como lidar com esse problema de saúde específico.

A eficácia da água com limão no combate à diarreia

A limpeza e a saúde intestinal são fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo. Uma maneira simples e natural de promover essa limpeza é através da água com limão. Essa combinação tem propriedades que podem melhorar a atividade intestinal, tornando mais eficaz a eliminação de resíduos e substâncias inúteis ao corpo.

Outro benefício da água com limão está relacionado à produção das vitaminas do complexo B no intestino. Essas vitaminas desempenham papéis importantes no metabolismo energético, na saúde mental e emocional, além de contribuírem para uma pele saudável.

P.S.: Lembre-se sempre de consultar um profissional da área da saúde antes de fazer qualquer mudança significativa em sua dieta ou estilo de vida.

Diarreia líquida: Estou com esse problema?

A diarreia persistente pode ser causada por diversos fatores. Entre as causas mais comuns estão as intolerâncias alimentares, o uso prolongado de certos medicamentos e infecções bacterianas ou virais. No entanto, é importante ressaltar que essa condição também pode estar relacionada a alterações intestinais.

As intolerâncias alimentares são uma das principais causas de diarreia persistente. Algumas pessoas podem ter dificuldade em digerir certos alimentos, como lactose ou glúten, o que leva ao surgimento dos sintomas gastrointestinais, incluindo a diarreia. Nesses casos, é fundamental identificar quais alimentos estão desencadeando os sintomas para evitar seu consumo e aliviar a condição.

You might be interested:  Atividades em Punta Cana

O uso prolongado de certos tipos de medicamentos também pode resultar em diarreia persistente. Alguns exemplos incluem antibióticos e anti-inflamatórios não esteroides (AINEs). Esses medicamentos podem afetar negativamente a flora intestinal saudável e causar desequilíbrios no trato gastrointestinal, levando à diarréia crônica. É importante sempre seguir as orientações médicas ao utilizar esses medicamentos e informá-los sobre qualquer reação adversa.

Infecções bacterianas ou virais são outra causa comum de diarreia persistente. A contaminação por bactérias como Escherichia coli ou Salmonella pode ocorrer através do consumo de alimentos contaminados ou água não tratada adequadamente. Já os vírus gastrointestinais, como norovírus ou rotavírus, geralmente se espalham por meio do contato direto com pessoas infectadas ou superfícies contaminadas. Essas infecções podem causar inflamação no intestino, resultando em diarreia persistente.

Além desses fatores, algumas alterações intestinais também podem contribuir para a ocorrência de diarreia persistente. Doenças como síndrome do intestino irritável (SII) ou doença inflamatória intestinal (DII), como a doença de Crohn e colite ulcerativa, são exemplos disso. Nesses casos, é fundamental buscar um diagnóstico adequado e seguir o tratamento recomendado pelo médico especialista.

Ovo cozido é adequado para pessoas com diarreia?

O ovo é um alimento versátil que pode ser consumido mesmo durante episódios de diarreia. Sua alta digestibilidade e a possibilidade de ser preparado de diversas formas fazem dele uma ótima opção para incluir na alimentação nesses momentos.

1. Ovos cozidos: Cozinhar os ovos até ficarem bem firmes é uma forma segura e fácil de consumi-los.

2. Omelete simples: Preparar um omelete apenas com ovos, sem adicionar outros ingredientes pesados ou condimentos fortes.

3. Mexidos leves: Fazer ovos mexidos utilizando pouco óleo ou manteiga, evitando temperos picantes ou gordurosos.

4. Ovos poché: Cozinhar os ovos em água quente sem adição de gorduras extras.

5. Ovos escalfados: Preparar os ovos escalfados em água fervente, sem utilizar óleos adicionais.

6. Pudim de claras: Utilizar apenas as claras dos ovos para fazer um pudim leve e suave.

7. Panquecas simples: Fazer panquecas usando apenas clara do ovo e farinha branca, evitando recheios pesados ou xaropes açucarados.

8. Suflê leve: Preparar um suflê utilizando apenas as claras dos ovos batidas em neve e ingredientes leves como legumes cozidos no vapor.

9. Tortilha básica: Fazer uma tortilha simples usando poucos ingredientes além dos próprios ov

Qual probiótico é mais eficaz contra diarreia?

Quando se trata de diarreia, os probióticos podem ser úteis no tratamento e prevenção de certos tipos de diarreia aguda e infecciosa causada por vírus ou bactérias, como rotavírus ou Salmonella sp., por exemplo. Duas cepas específicas de probióticos – Lactobacillus rhamnosus e Bifidobacterium lactis – têm sido estudadas por sua eficácia nesses casos.

Ao consumir alimentos ou suplementos contendo esses probióticos, eles podem ajudar a restaurar o equilíbrio da flora intestinal afetada pela infecção. Isso pode reduzir os sintomas da diarreia, como fezes líquidas frequentes e desconforto abdominal. Além disso, os probióticos também têm propriedades anti-inflamatórias que auxiliam na recuperação do intestino.

Alimentos que ajudam a combater a prisão de ventre

Quando estamos com diarreia, é importante cuidar da nossa alimentação para ajudar a controlar os sintomas e acelerar a recuperação. Além de evitar alimentos que possam piorar o quadro, como frituras e doces, existem também alguns alimentos que podem ajudar a prender o intestino.

Um desses alimentos é o limão. Apesar de ser conhecido por suas propriedades laxativas quando consumido em grandes quantidades, em pequenas doses ele pode ter um efeito adstringente no intestino, auxiliando no controle da diarreia. É importante ressaltar que não se deve exagerar na quantidade de limão consumida.

Outra opção são as cenouras cozidas. Elas contêm uma substância chamada pectina, que ajuda a absorver água no intestino e torna as fezes mais firmes. Consumir cenouras cozidas ou até mesmo suco de cenoura pode ser benéfico para quem está com diarreia.

O caldo de arroz também é uma ótima escolha nesses casos. Ele possui propriedades adstringentes e ajuda a regularizar o funcionamento intestinal. Além disso, é fácil de digerir e fornece nutrientes importantes ao organismo durante esse período delicado.

Alguns outros alimentos que podem ajudam a prender o intestino são: farinha branca (pães brancos), batata cozida sem casca, carnes vermelhas magras (como frango ou peixe grelhados), chá preto ou mate (sem açúcar) ³⁴ . Por outro lado, devemos evitar comidas prontas industrializadas ricas em gordura e conservantes, suco de caju e fast food, pois podem agravar os sintomas da diarreia.

É importante ressaltar que cada organismo reage de forma diferente aos alimentos, portanto é fundamental observar como o seu corpo reage a cada alimento mencionado. Caso os sintomas persistam ou piorem, é recomendado buscar orientação médica para um diagnóstico adequado e tratamento específico.

Possibilidade de consumo de pão por pessoas com diarreia

Quando estamos com diarreia, é importante cuidar da nossa alimentação para evitar a piora dos sintomas e promover uma recuperação mais rápida. Além dos alimentos básicos como arroz branco, macarrão e carnes magras, existem outras opções que podem ser incluídas no cardápio.

Frutas são ótimas escolhas durante esse período. Maçã ou pera sem casca são recomendadas por serem ricas em fibras solúveis que ajudam a regular o intestino. A banana prata também é uma boa opção devido ao seu alto teor de potássio, que ajuda na reposição desse mineral perdido nas fezes líquidas.

Algumas frutas cítricas como limão e maracujá possuem propriedades adstringentes que auxiliam no combate à diarreia. Já a goiaba contém taninos naturais que têm um efeito adstringente suave no organismo.

Além das frutas, as sopas de legumes podem ser incluídas na dieta quando se está com diarreia. Legumes como abobrinha, cenoura, chuchu, inhame e abóbora são boas opções por serem leves e fáceis de digerir.

Por fim, os mingaus feitos com fubá ou amido de milho também podem fazer parte da dieta durante a diarreia. Eles são fáceis de digerir e podem ajudar a acalmar o intestino.

Consulte sempre um profissional de saúde antes de fazer qualquer alteração na sua alimentação durante episódios de diarreia para garantir que as escolhas sejam adequadas às suas necessidades individuais.