O Coelhinho Que Não Era De Páscoa

Vivinho era um coelhinho branco e adorável, assim como seus irmãos. Todos eles tinham decidido seguir a tradição familiar de se tornarem coelhos da Páscoa, assim como seus antepassados. No entanto, Vivinho não estava certo sobre essa escolha e sentia que queria algo diferente para sua vida. Ele ainda não sabia exatamente qual profissão gostaria de ter.

Enquanto pensava nisso, ele passava seu tempo brincando com seus novos amigos: um beija-flor, uma borboleta e uma abelha. Essas amizades trouxeram muita diversão para Vivinho, mas seus pais ficavam preocupados com o futuro incerto do coelho.

Apesar das preocupações dos pais de Vivinho, ele continuou explorando suas opções e descobrindo mais sobre si mesmo. Ele sabia que eventualmente encontraria sua verdadeira vocação e seguiria seu próprio caminho na vida.

O destino de Vivinho ainda era desconhecido, mas ele estava determinado a encontrar sua paixão e realizar-se em uma carreira que lhe trouxesse felicidade e satisfação pessoal.

Um livro que explora os caminhos intrigantes e imprevisíveis que nos conduzem a descobrir nossa verdadeira vocação. Indicado para coelhinhos e crianças indecisas sobre o que serão quando crescerem. E afinal, alguém sabe?

Prêmio FNLIJ Catálogo de Bologna, 2010

Este livro, intitulado “Salamandra”, possui o ISBN 9788516063092 e é identificado pelo código do produto 12063092. É recomendado para crianças em diferentes estágios de aprendizado: 1º ano (EF1), 2º ano (EF1) e Educação Infantil (EI). O nível de leitura varia entre iniciante e em progresso.

Classificado como uma obra de ficção adequada para crianças a partir dos 4 anos de idade, este livro relaciona-se com duas datas comemorativas: o Dia Mundial do Livre Pensamento em 14 de julho e o Dia da Amizade em 20 de julho.

You might be interested:  O Significado de Sonhar com Dente: Descubra os Segredos por Trás dos Seus Sonhos

Dados técnicos

O produto possui um formato impresso com dimensões de 23,50 x 28,00 e contém um total de 40 páginas.

Leitura indicada para:

Em 1976, seu primeiro livro foi publicado e desde então ela não parou mais. Com mais de cem obras lançadas no Brasil e vinte no exterior, traduzidas para dezenove idiomas diferentes, Ruth Rocha se estabeleceu como uma renomada escritora brasileira. Vale ressaltar que seus textos são exclusivamente em português do Brasil.

A verdadeira identidade do coelho da Páscoa

Na tradição atual da Páscoa, principalmente nos países do Hemisfério Norte, o coelho da Páscoa é conhecido por trazer os ovos de chocolate e escondê-los para as crianças encontrarem. Durante a celebração da Páscoa, é comum que os pais escondam os ovos de chocolate para que seus filhos possam procurá-los.

2. Desenvolvimento:

Ao longo desta história emocionante, descobrimos como esse coelhinho peculiar encontrou seu próprio propósito e mostrou às pessoas ao seu redor que a verdadeira magia está na amizade e no amor compartilhado durante toda a temporada de primavera – não apenas na busca por doces de chocolate.

A história do coelho

Alguns autores afirmam que o coelho é originário do Sul da Europa, mais especificamente da Península Ibérica. Acredita-se que esses animais tenham sido domesticados pelos romanos e posteriormente introduzidos em outros países europeus. Essa teoria sugere que a associação entre coelhos e Páscoa pode ter surgido a partir das tradições pagãs de fertilidade, uma vez que os coelhos são conhecidos por sua alta taxa de reprodução.

O significado do coelhinho da Páscoa

O Coelho da Páscoa é um dos símbolos pascais, utilizado por representar a fertilidade, o nascimento e a esperança da vida. O coelho é um animal que se reproduz em grandes ninhadas.

You might be interested:  Horário de fechamento do supermercado mais próximo

1. Origem: A tradição do Coelho da Páscoa tem suas raízes na mitologia germânica, onde era associado à deusa Eostre, símbolo de fertilidade.

2. Popularização: A figura do Coelho da Páscoa ganhou popularidade no século XVIII através dos imigrantes alemães nos Estados Unidos.

3. Ovos coloridos: Além de distribuir ovos de chocolate, o Coelho também é conhecido por decorar ovos cozidos e pintados com cores vibrantes.

4. Simbolismo dos ovos: Os ovos são considerados símbolos de renovação e ressurreição, representando o início de uma nova vida.

5. Tamanho das ninhadas: Os coelhos têm capacidade reprodutiva surpreendente – cada fêmea pode ter até 60 filhotes por ano!

6. Visão noturna aguçada: Os coelhos possuem olhos grandes e adaptados para enxergarem bem durante a noite.

8. Herbívoros vorazes: A dieta principal dos coelhos consiste em vegetação como grama, folhas e cascas de árvores.

9. Longevidade: Em condições ideais, os coelhos podem viver até 10 anos.

10. Variedade de cores: Existem diversas raças de coelhos, com pelagens que variam entre branco, preto, marrom e cinza.

Essas são apenas algumas curiosidades sobre o Coelho da Páscoa. Essa figura encantadora continua a trazer alegria e diversão para crianças e adultos durante as celebrações pascais ao redor do mundo.