Benefícios Da Maçã Para A Saúde

O que a maçã ajuda no nosso corpo?

Quais os benefícios da maçã? – Como diz o ditado, “uma maçã por dia mantém você longe do médico”. E de fato consumir a fruta regularmente ajuda a ter uma vida equilibrada e longe de doenças. Entre as vitaminas que a maçã tem estão as do complexo B, e a vitamina C.

  1. A fruta é rica em sais minerais, além de fibras e um potente antioxidante, a quercetina.
  2. Em suma, ela tem diversos pontos positivos para a saúde, como: Fazer bem pro coração Graças às fibras solúveis, a maçã ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue.
  3. Além disso, os polifenóis em sua composição têm efeito antioxidante, ajudando a diminuir a pressão arterial.

Ajuda no bom funcionamento do intestino As fibras também ajudam a prevenir problemas como prisão de ventre. Para isso, é importante consumir a casca. Além disso, a fruta contém pectina, uma fibra que atua como prebiótico para a microbiota intestinal. Aliada da saúde bucal Esse alimento também contribui para a limpeza dos dentes e gengivas, graças às propriedades antibacterianas.

O que acontece se eu comer uma maçã todos os dias?

Benefícios das maçãs – As frutas e os vegetais são um dos grupos alimentares mais importantes para uma vida saudável. Contudo, o equilíbrio é uma das regras de ouro da alimentação saudável e por isso, no que toca a frutas, deveremos ingerir 3 a 5 porções de fruta diariamente, quantidade variável nomeadamente consoante o sexo, idade, atividade física e o excesso de peso.

A Roda dos Alimentos sugere que a fruta deva ocupar cerca 20% da alimentação diária. Durante séculos, a maçã foi um fruto importante para os europeus, facilmente cultivável e que durava meses quando era armazenado a baixas temperaturas sem perder as suas propriedades. Esta grande durabilidade do fruto foi também sendo associada a uma grande longevidade dos que o consumiam.

A maçã é agora associada à saúde e sabe-se que a maçã é rica em fibras, tem poucas calorias, pouco sal e muitos nutrientes como vitamina A, tiamina, riboflavina, niacina, vitamina C, cálcio, ferro, potássio, fósforo, sódio, magnésio e enxofre. A maçã é uma excelente fonte de pectina.

A pectina é uma fibra solúvel que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, a reduzir o colesterol e a combater a prisão de ventre. Auxilia ainda na prevenção da doença de Alzheimer, pois a quercetina nas maçãs pode proteger as células cerebrais contra os danos dos radicais livres que podem levar à doença de Alzheimer,

Este fruto parece ser mais eficaz na redução do risco do cancro (pulmão, cólon e fígado) e de diabetes do tipo 2 (que se desenvolve com a idade, associada a maus hábitos alimentares e ao sedentarismo), quando comparado com outros frutos e vegetais. A pectina das maçãs fornece ácido galacturônico ao corpo o que reduz a necessidade de insulina e pode ajudar no controlo da diabetes,

  • Além disso, o consumo de maçã foi associado com uma melhor função respiratória (prevenção de asma).
  • Por outro lado, apresenta nutrientes antioxidantes.
  • Os flavonoides são os antioxidantes que se encontram naturalmente nas maçãs em quantidades importantes, e que não se degradam mesmo passados meses depois dos frutos serem colhidos.
You might be interested:  Benefícios Banho Gelado

Estes nutrientes são excelentes protetores do nosso organismo pois protegem-no de doenças oncológicas e do envelhecimento. No entanto, as maçãs devem ser ingeridas inteiras e não trituradas. Quando as maçãs são usadas para fazer sumo, nutrientes como as fibras da maçã perdem-se porque as fibras não são incluídas no sumo e algumas vitaminas oxidam em contacto com a luz.

Qual o melhor jeito de comer maçã com casca ou sem casca?

Fruta com casca ou sem: qual o melhor jeito de consumir? 14 de Dezembro, 2022 Você já deve ter ouvido falar que o ideal é comer pelo menos três porções de fruta por dia, certo? Isso porque tais alimentos são ricos em antioxidantes, fibras, vitaminas e minerais e, assim, trazem diversos benefícios para a saúde. Entretanto, é importante saber a melhor forma de consumi-los no dia a dia – a começar pelo básico: o ideal é comer fruta com casca ou sem? Apesar das frutas serem itens indispensáveis em uma alimentação saudável, sabe-se que muitas delas carregam grandes quantidades de agrotóxicos, isto é, produtos químicos utilizados no momento de cultivo desses alimentos.

Justamente por isso, algumas pessoas sentem receio de consumir fruta com casca. Entretanto, em muitos casos, as cascas guardam um alto valor nutricional e são responsáveis por boa parte dos benefícios da fruta, como melhora do funcionamento intestinal e promoção de saciedade. Dessa forma, a nutricionista Clariana Colaço explica que existem prós e contras quando o assunto é consumir a casca da fruta e, segundo ela, quem vence essa batalha é o bom senso.

“Se pensarmos na questão dos agrotóxicos, é melhor retirar as cascas. Se for pensar somente na qualidade nutricional, devemos comer com a casca”, declara. A nutricionista recomenda, sempre que possível, o consumo das frutas com a casca. De acordo com ela, essa parte do alimento é rica em vitaminas que melhoram a saúde, e fibras que melhoram o trânsito intestinal e promovem sensação de saciedade.

“Frutas como, pêra, ameixa e pêssego podem e devem ser consumidas com as cascas. Das, por exemplo, não comemos as cascas, mas devemos ingerir a parte branca (bagaço) para maior aproveitamento nutricional da fruta”, esclarece. Além disso, no caso dos abacaxis, ela recomenda que as cascas sejam utilizadas para o preparo de águas saborizadas, sucos, chás ou drinks refrescantes.

Por fim, cascas de, e podem se transformar em compotas. Leia também:

You might be interested:  Benefícios Da Drenagem Linfática

O que acontece se eu comer 1 maçã por dia?

Comer uma maçã todos os dias ajuda a manter o coração saudável; entenda Comer uma maçã todos os dias pode ajudar a melhorar e manter a saúde cardíaca. Isso porque a fruta possui uma substância chamada flavan-3-ols (flavanóis) que faz bem para o coração.

Uma revisão de mais de 150 estudos concluiu que o composto químico, também encontrado no vinho tinto e no chocolate amargo, pode melhorar a pressão arterial, o colesterol e os níveis de açúcar no sangue. A descoberta foi feita por um grupo internacional de pesquisadores, cujo trabalho foi financiado pela pela Academia de Nutrição e Dietética dos EUA.

Ao analisarem 157 ensaios clínicos randomizados e 15 estudos de coorte, eles observaram que o composto bioativo estava ligado à pressão arterial mais baixa, reduzindo o risco de doenças cardíacas, ataques cardíacos e derrames. O composto também melhorou os níveis de colesterol, bem como o colesterol HDL — o “ruim” —, que pode prejudicar o coração se os níveis forem muito altos.