Quais os benefícios da folha de aranto?

Uso terapêutico do aranto – Em Madagascar, especialmente no sul do país, as folhas de aranto são utilizadas para vários fins medicinais, tais como remédio tradicional contra trabalho de parto prematuro, infertilidade, reumatismo, inflamação, hipertensão, cólica renal, diarreia, feridas profundas, infecções, queimaduras, abscessos e no tratamento de doenças diversas.

Um dos compostos químicos encontrados nesta planta tem despertado muito interesse científico: trata-se da bufadienolida, que já demonstrou, sob certas circunstâncias, propriedades antitumorais em alguns ensaios in vitro e in vivo, Deve-se ressaltar, entretanto, que até o momento os ensaios in vivo foram realizados apenas em camundongos, embora com resultados promissores.

No entanto, essas propriedades médicas são uma faca de dois gumes, pois não estão isentas de alguns riscos causados pelo esteroide daigremontianina, um veneno que pode aparecer em quantidades menores ou maiores, dependendo da localização da planta, da água disponível, da estação do ano e da composição de cada planta.

  1. A daigremontianina pode causar insuficiência cardíaca e renal se sua concentração for muito alta.
  2. Além disso, o uso prolongado, mesmo quando em pequenas doses, pode levar à intoxicação crônica.
  3. Entre os benefícios da planta, ela se destaca também como protetora da saúde bucal e um remédio natural para tratar dores, úlceras e outras doenças.

Confira mais benefícios.

Como eu devo consumir o aranto?

Como usar – A parte normalmente utilizada do aranto é a folha seca de onde são extraídas suas substâncias ativas e pode ser consumido na forma de chá ou cápsulas, que podem ser encontrados em lojas de produtos naturais, preparados a partir do extrato seco das folhas. As principais formas de usar o aranto são:

Chá de aranto: colocar 1 colher de chá de folhas secas de aranto em uma xícara de água fervente e tampar. Deixar repousar por 10 minutos e filtrar. Recomenda-se beber no máximo 1 a 3 xícaras por dia; Cápsulas de aranto: a dose recomendada é de 1 cápsula de 500 mg até 3 vezes ao dia.

O aranto pode ser consumido pelo período máximo de 1 mês, e depois deve-se fazer uma pausa de pelo menos 15 dias antes de reiniciar o uso. Além disso, não devem ser ingeridas mais de 30 g de aranto por dia pelo risco de efeitos tóxicos no corpo com suas altas dosagens.

Pode consumir a planta aranto?

Preparação de Chás e Infusões – As folhas desta planta podem ser utilizadas para preparar chás e infusões. Basta adicionar as folhas em água quente, deixar em infusão por alguns minutos e depois coar. Esse chá pode ser consumido para ajudar no alívio de dores e inflamações.

Quantas vezes por dia tomar aranto?

Tomar 3 vezes por dia.

Qual é o verdadeiro aranto?

Continua após publicidade O aranto é uma planta que veio da África, mas se adaptou muito bem no Brasil. (Foto: Divulgação/SAÚDE é Vital) Continua após publicidade O aranto (nome popular da kalanchoe daigremontiana ) é uma planta ornamental que vem sido divulgada no universo online como suposto tratamento para o câncer,

Vídeos com mais de um milhão de visualizações no Youtube, com depoimentos de agricultores ou pessoas não identificadas, dizem que seu extrato é capaz de matar células tumorais. Verdade ou fake news? Conhecido também como “mãe de milhares”, o aranto é nativo da África, mas se adaptou facilmente ao clima brasileiro, onde também é encontrado.

Trata-se de uma kalanchoe, uma espécie de planta suculenta que vive bem em regiões tropicais e subtropicais. Elas são utilizadas pela população da África e das Américas no tratamento de infecções e inflamações. Só que existem poucos estudos confiáveis sobre as propriedades farmacológicas da família.

Como tomar o suco da folha de aranto?

Como fazer suco de aranto? – Já outra forma de consumir é como suco. O preparo é simples, sendo necessário apenas juntar 200 ml de água com 1 folha da planta, bater tudo no liquidificador e servir.

Quem tem pressão alta pode tomar chá de aranto?

A justificativa é a de que o aranto tem um efeito de reduzir a glicose no sangue e a pressão arterial.

Quantos tipos de planta aranto existe?

A família Crassulaceae que possui cerca de 1400 espécies identificadas taxonomicamente é comumente utilizada para fins ornamentais, porém estudos sobre as atividades biológicas e farmacológicas dessa família vêm aumentando, mesmo que lentamente, o que possibilitou a descoberta de diversas propriedades terapêuticas.

O que é amaranto para que serve?

Este superalimento fornece diversas vantagens ao seu organismo. Vamos saber mais? Ao contrário da chia e da linhaça, o amaranto ainda não é tão conhecido no Brasil. A semente de origem peruana, possui um alto valor nutricional e é considerada um superalimento.

Controle da pressão arterial

O amaranto inibe o funcionamento de enzimas que elevam a pressão arterial, controlando os níveis em números saudáveis. Uma pressão alta pode desencadear uma série de doenças, como o AVC (acidente vascular cerebral), infarto agudo do miocárdio, doenças cardiovasculares e doença renal crônica.

Ajuda na perda de peso

As fibras solúveis, presentes no amaranto, ao entrar em contato com o líquido no interior do estômago, formam um gel que dilata o órgão e proporciona saciedade por mais tempo. As fibras da semente também contribuem para o funcionamento do intestino.

Ajuda no ganho de massa muscular

A gente já sabe que as proteínas são essenciais para o aumento e manutenção da massa muscular. O que ainda não sabemos é que o amaranto é uma boa fonte de proteína e que proporciona a formação de novas células musculares.

Previne o câncer

Duas pesquisas feitas no México, pelo Instituto para Pesquisas Científicas e Tecnológicas de San Luis Potosí, observaram a presença de um peptídeo – fragmento da proteína – que é capaz de impedir o crescimento de tumores malignos. O estudo concluiu que esta substância presente no amaranto age mais rápido nas células do que a lunasina (também anticancerígena) presente na soja.

Livre de glúten

O amaranto é uma excelente opção para quem sofre com a doença celíaca. Além de aumentar o valor nutricional de qualquer receita, a semente não afeta aqueles que são intolerantes ao glúten.

You might be interested:  Benefícios Do Mirtilo

Faz bem ao coração

Além de reduzir a pressão arterial, estudos sugerem que o amaranto – por ser rico em fitoesterois – tem potencial para reduzir o nível do colesterol ruim no organismo. Quantidade recomendada Apesar de não existir uma orientação exata para o consumo do amaranto, nutricionistas recomendam ingerir entre duas a três colheres de sopa (em média, 45 gramas) da semente por dia.

  • Adicionado nas saladas;
  • Cozido para substituir o arroz ou feijão: basta cozinhar uma xícara de sementes com seis xícaras de água. Dentro de 15 a 20 minutos estará cozido;
  • Em sopas;
  • Os flocos podem ser adicionados à frutas, iogurte, sucos e vitaminas;
  • Substituição da pipoca: coloque uma colher de sopa do grão em uma frigideira, tampe e espere estourar. O gosto fica bem parecido com nozes;
  • Moído em forma de farinha.

Quem não pode consumir Apesar de ser um alimento com diversos benefícios ao organismo, existem algumas situações em que o consumo do amaranto deve ser avaliado com mais calma. São eles:

Diabéticos

Por possuir um alto índice glicêmico, o amaranto deve ser consumido com moderação pelos diabéticos ou pessoas propensas a desenvolver a condição.

Doenças renais

A alta concentração de proteína presente no alimento pode sobrecarregar os rins.

Gestantes

Por enquanto, não há estudo suficiente para garantir a segurança do consumo da semente durante a gestação e a fase do aleitamento materno.

Pessoas alérgicas

Obviamente, se ao consumir o amaranto você tiver alguma reação alergênica, é essencial interromper o seu consumo imediatamente. Receitas com amaranto

Mix de Cereais

Ingredientes:

  • 1 xícara de arroz integral cateto
  • 1 xícara de quinoa branca ou vermelha
  • ½ xícara de amaranto em flocos
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 5 xícaras de água

Modo de Preparo:

  1. Refogue o alho e a cebola no azeite e adicione os grãos.
  2. Junte a água e o sal.
  3. Quando ferver abaixe o fogo no mínimo e deixe cozinhar por 40 minutos com a panela tampada.

Rendimento: 6 porções Tempo de preparo: 50 minutos Fonte: GNT – Programa Bela Cozinha

Mingau de amaranto

Ingredientes:

  • 6 colheres (sopa) amaranto em flocos
  • 2 xícaras (chá) leite (preferencialmente de soja)
  • Canela em pó a gosto, para polvilhar
  • Açúcar a gosto

Modo de Preparo:

  1. Em um copo, coloque o amaranto e um pouco do leite.
  2. Adoce a gosto, misture e reserve.
  3. Ferva o restante do leite e, quando começar a levantar fervura, adicione a mistura reservada.
  4. Aguarde até começar a engrossar, mexendo sempre em fogo baixo.
  5. Polvilhe com canela e sirva.

Se preferir uma consistência mais suave, acrescente mais líquido. Fonte: GShow

Snack de amaranto com banana

Ingredientes

  • 1 xícara de amaranto cozido
  • 2 xícaras de farinha de trigo integral
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  • 1/2 xícara de nozes picadas
  • 1 xícara de bananas maduras amassadas (cerca de 3 bananas)
  • 1/2 xícara de mel
  • 2 ovos
  • 3 colheres de sopa de azeite extra virgem
  • 1 colher de chá de essência baunilha

Modo de Preparo

  1. Pré-aqueça o forno a 180° C. Unte levemente uma forma de 23 por 13cm.
  2. Em uma tigela, misture a farinha, o fermento e as nozes até obter uma mistura homogênea. Em outra tigela, bata as bananas, o mel, os ovos, o azeite e a baunilha. Adicione o amaranto, misturando-o. Despeje a massa sobre os ingredientes secos e mexa até que estejam bem misturados.
  3. Despeje tudo na fôrma untada. Asse em forno pré-aquecido por, cerca de 1 hora. Deixe esfriar na fôrma por 10 minutos. Retire e deixe esfriar.

Variações: Você pode substituir metades das bananas por tâmaras secas picadas. Fonte: Emagrecer sem dieta Agora que você já sabe todos os benefícios do amaranto é a hora de conferir o catálogo de produtos que a Vitao Alimentos oferece com o produto – tem até chocolate, Acesse nossa loja online e torne sua vida mais saudável sem sair de casa.

Quais são os benefícios da planta suculenta?

Sassi Imóveis 23/01/2023 | CATEGORIA: Você sabia que ter suculenta em casa traz diversos benefícios? Além disso, são plantinhas delicadas e que demandam poucos cuidados. Assim como os cactos, ela se adapta bem aos espaços. Aliás as suculentas são plantas que acumulam água em suas folhas.

  • Por isso, a principal característica dessa espécie é ter as folhas e caules bem gordinhos e é daí que vem o nome “suculenta”.
  • Elas costumam sobreviver melhor sem o excesso de umidade.
  • Geralmente, pode ser regada uma vez por semana.
  • Mas caso necessário, pode adaptar a rega de acordo com suas necessidades específicas.

A maioria das suculentas precisa de iluminação direta, e elas preferem o sol da manhã. Para quem mora em apartamento ou em algum local que tenha pouca luz natural, a dica é deixar as plantas em janelas, sacadas ou qualquer local onde ela consiga receber o máximo de luminosidade possível.

Vários estudos indicam que a concentração é um dos benefícios de ter suculentas em casa. Ter plantas no ambiente, melhora a atenção e capacidade cerebral na hora de estudar. Outra vantagem, é que as suculentas, como as sanseviérias e aloe vera, são excelentes plantas para purificar e limpar o ar, removendo possíveis toxinas. Além disso, as suculentas possuem a capacidade de continuar produzindo oxigênio a noite toda. Então, são ótimas para garantir uma boa noite de sono! E claro, ter plantas em casa, ajuda na saúde. Especialmente em grupos, pois melhor será a umidade da casa e irá ajudar a evitar a pele seca, dores de garganta e tosse seca.

E por falar em suculentas, elas são os mimos escolhidos pela Sassi Imóveis para presentear os clientes neste começo de 2023. Afinal, você e sua casa nova merecem todos esses benefícios! Para saber mais sobre essa ação, procure o balcão de atendimento de locação da, : Sassi Imóveis

Qual entidade gosta de alecrim?

Oxalá (21/01 a 19/02) – Alecrim Usado em rituais de defumações e em banhos de descarrego. Ele também pode melhorar a tosse e a bronquite se usado em chás. Quando deixada em casa, purifica o ambiente com o seu odor e desperta a alegria pelo ambiente.

Pode tomar aranto à noite?

Procure não consumir o chá ao final da tarde ou noite, por conta da presença de cafeína.

Qual é o aranto medicinal?

Aranto é uma planta nativa do continente africano. Também chamada de mãe-de-mil, mãe-de-milhares e fortuna, é mais conhecida por suas propriedades medicinais. Assim, é uma suculenta de fácil reprodução e que vive bem em locais de clima tropical e subtropical, por isso, seu cultivo se popularizou tanto no Brasil.

Como é a flor de aranto?

Aranto muda Nome cientifico: Bryophyllum daigremontianum. Aranto é uma planta suculenta que também é conhecida como Kalanchoe daigremontiana, No Brasil, além de aranto, ela também pode ser chamada em alguns lugares de mãe-de- milhares, calanchoê e espinha-do-diabo.

Tamanho da muda com aproximadamente 5 cm. Trata-se de uma planta endêmica da ilha de Madagascar, no sudeste da África. Dentre as mais de 125 espécies de kalanchoe, essa é uma das que é conhecida pelas propriedades medicinais devido à presença da substância homônima que é utilizada na elaboração de medicamentos contra a insuficiência cardíaca, contra dores no corpo e problemas de pele.

You might be interested:  Benefícios Da Jabuticaba

As características marcantes dessa plantinha é são as suas flores com aspecto de sinos em tons rosados e as folhas rodeadas por brotinhos. Conhecida popularmente por possuir muitos princípios medicinais, porém deve se tomar muito cuidado ao consumir esta planta, se utilizada em doses erradas, pode ser tóxica.

  1. O cultivo dever ser em sol pleno ou meia sombra.
  2. Pois é uma planta que gosta de luz.
  3. Você pode comprar um substrato específico para cactos e suculentas ou preparar uma mistura de terra com matéria orgânica, que tenha uma textura drenável e levemente arenosa.
  4. Forre o fundo do vaso com pedrinhas ou areia, isso ajudará na drenagem da planta.

Então, preencha o vaso o com o substrato e deixe dois dedos de distância entre a borda do vaso e a superfícies coberta de terra. Umedeça o substrato sem encharcar. Quanto à poda, o ideal é eliminar as folhas e flores secas, doentes ou antigas. Se você perceber que as folhas estão muito pesadas por causa dos brotinhos, também pode ser o momento de replantar a sua kalanchoe daigremontiana.

*Imagens principais meramente ilustrativas equivalentes a um exemplar adulto da mesma espécie comercializada, já estabelecido, florindo ou frutificando. Manual de procedimento inicial

: Aranto muda

Como usar o aranto para curar feridas?

  1. Home
  2. SEGUNDA OPINIÃO FORMATIVA – SOF

Apoio ao Tratamento Núcleo de Telessaúde Santa Catarina | 26 janeiro 2015 | ID: sofs-16988 As plantas medicinais indicadas para cicatrização de feridas, com comprovadas ações são Anacardium occidentale L.(cajueiro), Caesalpinia ferrea Mart. (pau-ferro), Casearia sylvestris S w.

(guaçatonga), Schinus terebinthifolia Raddi (aroeira), Stryphnodendrom adstrigens (Mart.) Coville (barbatimão), Calendula officinalis L. (calêndula), Polygonum punctatum Elliott (erva-de-bicho), Coronopu didymus (L.) Smith (mastruço), Aloe Vera (L.) (babosa), Helianthus annuus (girassol) 1,2,3, Podemser utilizadas por meio de muitas formas farmacêuticas, disponibilizadas na Fitoterapia, tais como: preparações extemporâneas (infusão e decocção – chamados popularmente de chás), tinturas, gel, creme, pomada, óleo 3,

A Resolução RDC n o 10, de 9 de março de 2010 apresenta uma lista de plantas medicinais, com informações sobre nome científico, popular, indicação, modo de uso, contraindicações, interações medicamentosas e efeitos adversos para preparações extemporâneas (2),

  • Indicação: Cicatrização de feridas em fase de granulação e escoriações.
  • Modo de usar: aplicar no local afetado 2 a 3 vezes ao dia, após higienização com solução fisiológica. Alerta quanto ao uso em idoso, pois pode provocar o aparecimento de fibrina.

Creme de Calêndula 5% + Barbatimão 5% – 30 e 60g

  • Indicação: Cicatrização de feridas que apresentem pequeno processo inflamatório e inicio de fase de granulação; úlceras de decúbito fase II (ferida); feridas com hiperceratose.
  • Modo de usar: aplicar no local afetado 2 a 3 vezes ao dia, após higienização com solução fisiológica

Ó leo de Girassol – 100ml

  • Indicação: Úlceras abertas com ou sem inflamação, cobertura primária em curativos (embeber a gaze)
  • Modo de usar: Aplicar na lesão, após assepsia, uma a duas vezes ao dia, ou a cada troca de curativo.

Creme de Calêndula a 10%:

  • Indicação: Dermatites de contato, inclusive dermatite de fralda ou amoniacal; dermatites eczematosas; feridas com processo inflamatório intenso; feridas em fase proliferativa com pouco ou nenhum exsudato; fístula extra bucal com secreção, processos inflamatórios na face (impetigo nasal, ressecamento perilabial, eczemas, dermatites, abrasão por trauma)
  • Modo de uso: aplicar no local afetado 2 a 3 vezes ao dia após higienização com solução fisiológica.

As plantas medicinais podem ser uma alternativa de grande relevância para o processo de cicatrização de feridas, que começam a fazer parte da atenção à saúde brasileira, considerando que seu uso seja validado por estudos para verificar seu potencial cicatrizante, comprovação clínica, custos e benefícios, e a constante atualização acerca das publicações realizadas 1, SOF Relacionadas:

  1. Há indicação de uso de chás de camomila entre outros no tratamento de feridas em membros inferiores. Há alguma evidência quanto à efetividade deste tratamento alternativo?
  2. Qual a indicação de uso do óleo de girassol e do óleo de canola no tratamento de feridas?
  3. Em qual tipo de feridas/úlceras está indicado o uso de papaína a 10%? Pode-se utilizá-la em úlcera isquêmica focal?

Pode tomar o suco de aranto?

Suco. Outra forma de ingerir o Aranto é através de seu suco. Os cuidados são os mesmos referentes ao chá: não ultrapassar a quantidade máxima da planta (30g) e certificar-se de que é a correta.

Para que serve a folha santa e como tomar?

O uso dessa planta é indicado para proteger a mucosa gástrica, membrana que reveste a parede interna do estômago. O chá das folhas de espinheira- santa também é conhecido por ser antiácido, podendo neutralizar a acidez do estômago e reduzir a sensação de azia e indigestão, além de aliviar as dores na região.

Quais os benefícios da folha de saião?

Uso medicinal da planta saião – A folha-da-fortuna é uma suculenta que resiste às diferentes condições de clima e solo, porém é suscetível aos ataques de pragas e doenças — Foto: GettyImages Muito usada pelas propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes, anti-bacterianas que combatem vários problemas, desde do trato respiratório nos cuidados de bronquites e tosses, até problemas estomacais, como gastrites.

  • Um estudo divulgado pela International Journal of Research in Ayurveda and Pharmacy mostrou que, além disso, a saião pode ser eficaz para reduzir o nível de açúcar no sangue, recomendada para diabéticos como terapia complementar.
  • A espécie também auxilia no controle de alergias e doenças autoimunes, evita ataques anafiláticos por picada de insetos e cálculos renais.

O uso mais comum da planta é no preparo de chás. A parte mais usada são as folhas, que também pode-se preparar sucos e pastas para aplicar na pele”, comenta Marlon. Leia mais Conforme o paisagista, há estudos explorando atividade antitumoral, anti-leishmaniótica, antialérgica, e de soluções que melhoram problemas de pele, como queimaduras, dermatite, feridas, calos e verrugas.

Quais são os benefícios da planta suculenta?

Sassi Imóveis 23/01/2023 | CATEGORIA: Você sabia que ter suculenta em casa traz diversos benefícios? Além disso, são plantinhas delicadas e que demandam poucos cuidados. Assim como os cactos, ela se adapta bem aos espaços. Aliás as suculentas são plantas que acumulam água em suas folhas.

Por isso, a principal característica dessa espécie é ter as folhas e caules bem gordinhos e é daí que vem o nome “suculenta”. Elas costumam sobreviver melhor sem o excesso de umidade. Geralmente, pode ser regada uma vez por semana. Mas caso necessário, pode adaptar a rega de acordo com suas necessidades específicas.

A maioria das suculentas precisa de iluminação direta, e elas preferem o sol da manhã. Para quem mora em apartamento ou em algum local que tenha pouca luz natural, a dica é deixar as plantas em janelas, sacadas ou qualquer local onde ela consiga receber o máximo de luminosidade possível.

You might be interested:  Benefícios Da Castanha Da Índia

Vários estudos indicam que a concentração é um dos benefícios de ter suculentas em casa. Ter plantas no ambiente, melhora a atenção e capacidade cerebral na hora de estudar. Outra vantagem, é que as suculentas, como as sanseviérias e aloe vera, são excelentes plantas para purificar e limpar o ar, removendo possíveis toxinas. Além disso, as suculentas possuem a capacidade de continuar produzindo oxigênio a noite toda. Então, são ótimas para garantir uma boa noite de sono! E claro, ter plantas em casa, ajuda na saúde. Especialmente em grupos, pois melhor será a umidade da casa e irá ajudar a evitar a pele seca, dores de garganta e tosse seca.

E por falar em suculentas, elas são os mimos escolhidos pela Sassi Imóveis para presentear os clientes neste começo de 2023. Afinal, você e sua casa nova merecem todos esses benefícios! Para saber mais sobre essa ação, procure o balcão de atendimento de locação da, : Sassi Imóveis

O que é amaranto para que serve?

Este superalimento fornece diversas vantagens ao seu organismo. Vamos saber mais? Ao contrário da chia e da linhaça, o amaranto ainda não é tão conhecido no Brasil. A semente de origem peruana, possui um alto valor nutricional e é considerada um superalimento.

Controle da pressão arterial

O amaranto inibe o funcionamento de enzimas que elevam a pressão arterial, controlando os níveis em números saudáveis. Uma pressão alta pode desencadear uma série de doenças, como o AVC (acidente vascular cerebral), infarto agudo do miocárdio, doenças cardiovasculares e doença renal crônica.

Ajuda na perda de peso

As fibras solúveis, presentes no amaranto, ao entrar em contato com o líquido no interior do estômago, formam um gel que dilata o órgão e proporciona saciedade por mais tempo. As fibras da semente também contribuem para o funcionamento do intestino.

Ajuda no ganho de massa muscular

A gente já sabe que as proteínas são essenciais para o aumento e manutenção da massa muscular. O que ainda não sabemos é que o amaranto é uma boa fonte de proteína e que proporciona a formação de novas células musculares.

Previne o câncer

Duas pesquisas feitas no México, pelo Instituto para Pesquisas Científicas e Tecnológicas de San Luis Potosí, observaram a presença de um peptídeo – fragmento da proteína – que é capaz de impedir o crescimento de tumores malignos. O estudo concluiu que esta substância presente no amaranto age mais rápido nas células do que a lunasina (também anticancerígena) presente na soja.

Livre de glúten

O amaranto é uma excelente opção para quem sofre com a doença celíaca. Além de aumentar o valor nutricional de qualquer receita, a semente não afeta aqueles que são intolerantes ao glúten.

Faz bem ao coração

Além de reduzir a pressão arterial, estudos sugerem que o amaranto – por ser rico em fitoesterois – tem potencial para reduzir o nível do colesterol ruim no organismo. Quantidade recomendada Apesar de não existir uma orientação exata para o consumo do amaranto, nutricionistas recomendam ingerir entre duas a três colheres de sopa (em média, 45 gramas) da semente por dia.

  • Adicionado nas saladas;
  • Cozido para substituir o arroz ou feijão: basta cozinhar uma xícara de sementes com seis xícaras de água. Dentro de 15 a 20 minutos estará cozido;
  • Em sopas;
  • Os flocos podem ser adicionados à frutas, iogurte, sucos e vitaminas;
  • Substituição da pipoca: coloque uma colher de sopa do grão em uma frigideira, tampe e espere estourar. O gosto fica bem parecido com nozes;
  • Moído em forma de farinha.

Quem não pode consumir Apesar de ser um alimento com diversos benefícios ao organismo, existem algumas situações em que o consumo do amaranto deve ser avaliado com mais calma. São eles:

Diabéticos

Por possuir um alto índice glicêmico, o amaranto deve ser consumido com moderação pelos diabéticos ou pessoas propensas a desenvolver a condição.

Doenças renais

A alta concentração de proteína presente no alimento pode sobrecarregar os rins.

Gestantes

Por enquanto, não há estudo suficiente para garantir a segurança do consumo da semente durante a gestação e a fase do aleitamento materno.

Pessoas alérgicas

Obviamente, se ao consumir o amaranto você tiver alguma reação alergênica, é essencial interromper o seu consumo imediatamente. Receitas com amaranto

Mix de Cereais

Ingredientes:

  • 1 xícara de arroz integral cateto
  • 1 xícara de quinoa branca ou vermelha
  • ½ xícara de amaranto em flocos
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 5 xícaras de água

Modo de Preparo:

  1. Refogue o alho e a cebola no azeite e adicione os grãos.
  2. Junte a água e o sal.
  3. Quando ferver abaixe o fogo no mínimo e deixe cozinhar por 40 minutos com a panela tampada.

Rendimento: 6 porções Tempo de preparo: 50 minutos Fonte: GNT – Programa Bela Cozinha

Mingau de amaranto

Ingredientes:

  • 6 colheres (sopa) amaranto em flocos
  • 2 xícaras (chá) leite (preferencialmente de soja)
  • Canela em pó a gosto, para polvilhar
  • Açúcar a gosto

Modo de Preparo:

  1. Em um copo, coloque o amaranto e um pouco do leite.
  2. Adoce a gosto, misture e reserve.
  3. Ferva o restante do leite e, quando começar a levantar fervura, adicione a mistura reservada.
  4. Aguarde até começar a engrossar, mexendo sempre em fogo baixo.
  5. Polvilhe com canela e sirva.

Se preferir uma consistência mais suave, acrescente mais líquido. Fonte: GShow

Snack de amaranto com banana

Ingredientes

  • 1 xícara de amaranto cozido
  • 2 xícaras de farinha de trigo integral
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  • 1/2 xícara de nozes picadas
  • 1 xícara de bananas maduras amassadas (cerca de 3 bananas)
  • 1/2 xícara de mel
  • 2 ovos
  • 3 colheres de sopa de azeite extra virgem
  • 1 colher de chá de essência baunilha

Modo de Preparo

  1. Pré-aqueça o forno a 180° C. Unte levemente uma forma de 23 por 13cm.
  2. Em uma tigela, misture a farinha, o fermento e as nozes até obter uma mistura homogênea. Em outra tigela, bata as bananas, o mel, os ovos, o azeite e a baunilha. Adicione o amaranto, misturando-o. Despeje a massa sobre os ingredientes secos e mexa até que estejam bem misturados.
  3. Despeje tudo na fôrma untada. Asse em forno pré-aquecido por, cerca de 1 hora. Deixe esfriar na fôrma por 10 minutos. Retire e deixe esfriar.

Variações: Você pode substituir metades das bananas por tâmaras secas picadas. Fonte: Emagrecer sem dieta Agora que você já sabe todos os benefícios do amaranto é a hora de conferir o catálogo de produtos que a Vitao Alimentos oferece com o produto – tem até chocolate, Acesse nossa loja online e torne sua vida mais saudável sem sair de casa.

Para que serve a folha santa e como tomar?

O uso dessa planta é indicado para proteger a mucosa gástrica, membrana que reveste a parede interna do estômago. O chá das folhas de espinheira- santa também é conhecido por ser antiácido, podendo neutralizar a acidez do estômago e reduzir a sensação de azia e indigestão, além de aliviar as dores na região.