Salário Mínimo Imposto

Quanto é o Imposto de um salário mínimo?

Economia 29/08/2023 – 08:03 Depositphotos Salário mínimo de R$1.320 está em vigor desde maio Entrou em vigor nesta segunda-feira (28) a lei que reajusta o valor do salário mínimo e amplia a faixa de isenção da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). A Lei 14.663/23 foi sancionada sem vetos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

  • O texto tem origem na Medida Provisória 1172/23, aprovada na Câmara dos Deputados e no Senado.
  • O relator na Câmara foi o deputado Merlong Solano (PT-PI).
  • O novo valor do salário mínimo, de R$ 1.320, está vigente desde 1º de maio deste ano (em janeiro era de R$ 1.302).
  • A lei também cria uma política de valorização do mínimo, a vigorar a partir de 2024.

A política segue os mesmos parâmetros daquela que vigorou até 2015: reajuste pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação positiva do PIB de dois anos antes. Em caso de taxa de crescimento real negativa do PIB, o salário mínimo será reajustado apenas pelo INPC.

  • A lei autoriza o Poder Executivo a baixar os aumentos por decreto usando esses parâmetros nos cálculos.
  • Como não há data para o fim desse mecanismo, ele valerá até que outra lei o modifique.
  • Desconto simplificado Em relação ao IRPF, a Lei 14.663/23 subiu a faixa de isenção para R$ 2.112 a partir de 1º de maio de 2023 – antes era de R$ 1.903,98.

A isenção pode chegar ao valor bruto de até R$ 2.640 mensais se o desconto simplificado ao mês, criado pela lei, for maior que as deduções mensais permitidas. Esse desconto simplificado é de 25% (R$ 528) da faixa de isenção (R$ 2.112). Dessa forma, se as deduções com dependentes, Previdência Social e até mesmo pensão alimentícia somarem menos que os 25% da faixa, o desconto simplificado será aplicado em vez das deduções.

Com essa sistemática, quem ganha até R$ 2.640 (dois salários mínimos atuais) poderá contar com R$ 528 a título de desconto mensal para não pagar Imposto de Renda. O aumento da faixa de isenção no IRPF deverá reduzir a arrecadação em R$ 3,2 bilhões nos últimos sete meses de 2023, R$ 5,88 bilhões em 2024 e R$ 6,27 bilhões em 2025, segundo estimativas do Ministério da Fazenda.

A nova faixa deverá beneficiar mais de 13 milhões de contribuintes. Reportagem – Janary Júnior Edição – Rachel Librelon A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias’.

You might be interested:  Benefícios Do Brócolis

Qual o percentual de Imposto sobre o salário?

Como funciona a tabela progressiva de IR? – A tabela progressiva de Imposto de Renda estabelece faixas de renda e alíquotas de imposto correspondentes, ou seja, quanto maior a renda, maior será a alíquota aplicada. A atual tabela progressiva de Imposto de Renda conta com cinco faixas de renda, que vão desde isenção até uma alíquota máxima de 27,5%.

Renda até R$ 1.903,98: isento de imposto de renda; Renda entre R$ 1.903,99 e R$ 2.826,65: alíquota de 7,5%; Renda entre R$ 2.826,66 e R$ 3.751,05: alíquota de 15%; Renda entre R$ 3.751,06 e R$ 4.664,68: alíquota de 22,5%; Renda acima de R$ 4.664,68: alíquota máxima de 27,5%.

Um trabalhador que ganhe R$ 3.500 por mês terá uma alíquota de imposto de 15%, o que resulta num imposto a ser pago de R$ 354,80 mensais.

Qual é o valor do Imposto de Renda?

Confira abaixo a tabela com o novo cálculo:

Base de cálculo (até maio de 2023 em R$) Alíquota Alíquota
De 1.903,99 até 2.826,65 7,50% 7,50%
De 2.826,66 até 3.751,05 15% 15%
De 3.751,06 até 4.664,68 22,50% 22,50%
Acima de 4.664,68 27,50% 27,50%

Qual a faixa de isenção do IR 2023?

Leia também – O texto prevê que os trabalhadores que ganham até R$ 2.112 por mês não tenham mais que pagar o Imposto de Renda. A isenção, atualmente, é para aqueles que recebem até R$ 1.903,98. No entanto, para que o aumento da isenção e do salário mínimo se tornem oficiais, é preciso que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sancione a medida.

Também foi aprovada a possibilidade dos contribuintes não isentos optarem por um desconto de R$ 528 em relação ao imposto devido, sem necessidade de comprovar despesas à Receita Federal, Na prática, pessoas físicas que recebem mensalmente até R$ 2.640, também não terão de pagar IRPF se optarem por essa dedução simplificada.

Não foram alteradas as alíquotas para as demais faixas de rendimentos mensais, que, porém, também serão beneficiadas com o aumento da faixa de isenção. A mudança da faixa de isenção tem efeitos no Imposto de Renda do ano que vem, mas quem tem desconto na fonte já deverá observar a mudança no valor retido no salário do próximo mês.

Quem ganha 1320 paga quanto de Imposto de Renda?

Para quem tem abaixo de 65 anos

Rendimentos Tabela antiga Tabela nova
1.320,00 Isento Isento
2.000,00 7,20 Isento
2.640,00 55,20 Isento
3.000,00 95,20 27,00

Quem ganha um salário mínimo vai pagar Imposto de Renda?

Quem ganha até R$ 2.640 não vai mais pagar Imposto de Renda, como confirmou em cadeia de rádio e TV o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na véspera do Dia do Trabalhador. Ele frisou que a faixa de isenção aumentará gradativamente ano a ano até chegar a R$ 5 mil no fim de seu mandato, que termina em 2026.

Para compensar a perda de arrecadação que a medida trará, Lula incluiu nela a tributação de rendimentos recebidos no exterior por meio de aplicações financeiras, entidades controladas e os chamados trusts — fundos usados para administrar quantias de terceiros. A atual faixa de isenção na tabela do IR para pessoa física foi ampliada de R$ 1.903,98 para R$ 2.112 a partir deste mês.

Mas quem ganha até R$ 2.640 (o equivalente a dois salários mínimos) também deixará de ser tributado porque será aplicado um desconto automático sobre o imposto que deveria ser pago pelo empregado. O desconto resulta da declaração simplificada do IR.

You might be interested:  Quanto É O Salário Mínimo Nos Estados Unidos

Quem ganha um salário mínimo para pagar Imposto de Renda?

O ano de 2023 será o primeiro em que pessoas que recebem 1,5 salário mínimo mensal terão que pagar Imposto de Renda (IR). Isso é resultado da combinação entre a tabela do IR, sem atualização desde 2015, e do valor atual para o salário mínimo aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro, de R$ 1.320,

A situação preocupa senadores, que cobram a ampliação da faixa de isenção para que cidadãos de menor renda sejam desonerados. Essa projeção considera o valor do salário mínimo antes das deduções para formação da base de cálculo sobre a qual incide o Imposto de Renda. A Receita Federal exclui da base de cálculo as contribuições para a Previdência Social e para previdências complementares.

A última correção da tabela do IR aconteceu há oito anos ( Lei 13.149, de 2015 ) e levou a faixa de isenção — ou seja, o rendimento mensal máximo para que uma pessoa não precise pagar Imposto de Renda — para R$ 1.903,98. Na época, isso correspondia a quase 2,5 vezes o salário mínimo, que foi fixado em R$ 788 para o ano de 2015.

  1. A proposta original do governo federal previa salário mínimo de R$ 1.302, valor que também faria passar da faixa de isenção quem recebe um salário e meio.
  2. O Senado tem vários projetos em andamento que visam promover uma atualização na tabela do IR, por meio de medidas como ampliação da faixa de isenção ou estabelecimento de um gatilho inflacionário.

Em 2015, o instrumento foi uma medida provisória. Com a defasagem da tabela, outro fator que contribui para incluir cada vez mais pessoas na incidência do Imposto de Renda é a inflação. Desde 2015, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumula uma alta de mais de 59%.

Quem ganha 3 mil paga quanto de Imposto de Renda?

Leia também – A partir de agora, de acordo com o novo texto, quem ganha até R$ 2.112 por mês não terá mais que pagar o Imposto de Renda. A isenção, anteriormente, era para aqueles que recebem até R$ 1.903,98. Já os que recebem até R$ 3.751,05 devem pagar alíquota de 15% e R$ 370,4 é o valor da parcela a deduzir no Imposto de Renda.

Quanto paga de Imposto de Renda uma pessoa que ganha 4000?

A alíquota, porcentagem descontada do salário, varia de acordo com a faixa de renda. Exemplo: uma pessoa que ganha R$ 2 mil paga 7,5% de imposto; já quem recebe R$ 4 mil, paga 15%. Nesse caso, a alíquota é de 15%. Logo, 6.000 reais devem ser descontados 900 reais de imposto de renda.

Como ficou a nova tabela do Imposto de Renda 2023?

Com a nova regra, paga R$ 27 — R$ 35,45 a menos. Veja mais abaixo simulações. A faixa de isenção subiu de R$ 1.903,98 para R$ 2.112. O valor das faixas da tabela do IR foi mantido, mas quem ganha acima dos R$ 2.112 só paga Imposto de Renda sobre o valor excedente.

Quem ganha R$ 6.000 por mês paga quanto de Imposto de Renda?

Quem ganha até R$ 5 mil paga quanto de imposto?

Base de Cálculo ( R $) Alíquota (%) Parcela a Deduzir do IR (em R $)
De 2.112,01 até 2.826,65 7,5 158,4
De 2.826,66 até 3.751,05 15 370,4
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 651,73
Acima de 4.664,68 27,5 884,96
You might be interested:  Benefícios Da Limpeza De Pele

O que é descontado do salário de 3 mil?

O cálculo já muda um pouco considerando um salário de R$ 3 mil, por exemplo. Nesse caso, o desconto do Imposto de Renda é feito sobre o valor de R$ 2.736,94 (R$ 3.000 – R$ 263,06 de INSS).

Qual o valor que é descontado do FGTS?

Qual o valor do depósito? – O valor será o correspondente a 8% (oito por cento) do salário bruto pago ao trabalhador. Para os contratos de trabalho firmados nos termos da lei nº 11.180/05 (Contrato de Aprendizagem), o percentual é reduzido para 2%. No caso de trabalhador doméstico, o recolhimento é correspondente a 11,2 %, sendo 8% a título de depósito mensal e 3,2% a título de antecipação do recolhimento rescisório.

Quem ganha 3 mil paga quanto de Imposto de Renda?

Leia também – A partir de agora, de acordo com o novo texto, quem ganha até R$ 2.112 por mês não terá mais que pagar o Imposto de Renda. A isenção, anteriormente, era para aqueles que recebem até R$ 1.903,98. Já os que recebem até R$ 3.751,05 devem pagar alíquota de 15% e R$ 370,4 é o valor da parcela a deduzir no Imposto de Renda.

Como calcular o valor do Imposto de Renda sobre o salário?

Para encontrar o valor a recolher, basta aplicar a fórmula de cálculo do IRRF (considerando a fórmula: Valor IRRF = salário base * alíquota – taxa ) e seguir os passos conforme o exemplo anterior.

Qual o valor do Imposto de Renda de dois salários mínimos?

Desconto simplificado vai favorecer rendas mais baixas – Segundo a Receita Federal, a dedução simplificada de R$ 528 é que garante que quem ganha até R$ 2.640 por mês- o equivalente a dois salários mínimos – ficará isento do Imposto de Renda. “Essa operacionalização serve para que as brasileiras e os brasileiros sintam o benefício imediatamente no bolso”, diz o órgão em comunicado.

Não haverá qualquer retenção na fonte para essa faixa de renda. Ou seja: não terão de esperar a declaração no ano seguinte para pedir a restituição do que foi retido. Na prática, isso significa que a pessoa que ganha até R$ 2.640 não pagará nada de Imposto de Renda – nem na fonte nem na declaração de ajuste anual – e quem ganhar acima disso pagará apenas sobre o valor excedente.

A Receita esclareceu que o desconto de R$ 528 é opcional. Quem tem direito a descontos maiores pela legislação atual (previdência, dependentes, alimentos) não será prejudicado. O mecanismo do desconto adotado tem o mesmo efeito de um aumento da faixa de isenção para R$ 2.640, sem reduzir demasiadamente a tributação das faixas mais altas de renda.

Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2023 Tudo sobre a restituição do Imposto de Renda de 2023 Quem precisa declarar o Imposto de Renda em 2023 ? Veja o que muda Veja o CNPJ das empresas para declarar ações no Imposto de Renda Quais são os documentos para declarar imposto de renda ? Qual valor mínimo para declarar o Imposto de Renda em 2023? DARF para ações : quando pagar, como gerar e qual o código Como declarar imóvel financiado no Imposto de Renda 2023? Como declarar mudança de emprego no Imposto de Renda 8 investimentos isentos do Imposto de Renda Novas regras para declarar o Imposto de Renda em 2023 Como declarar venda de veículo no Imposto de Renda ? Veja 5 dicas