Animais Fantásticos E Onde Habitam - Hospital da Mulher e Maternidade Santa Fé

O que Animais Fantásticos e Onde Habitam tem a ver com Harry Potter?

Entenda a ligação entre as franquias “Animais Fantásticos” e “Harry Potter” Da Redação 19/05/2022 14h07 Reprodução/Instagram @harrypotterfilm Trazendo de volta o universo mágico com outros personagens como protagonistas, Animais Fantásticos tem referência aos livros e filmes de Harry Potter da autora J.K. Rowling, Animais Fantásticos A sequência de filmes é derivada de Harry Potter, situada no mundo bruxo 54 anos antes da trama de sete livros.

  • O problema é que Newt acaba se envolvendo em uma confusão quando deixa sua mala repleta de criaturas mágicas ser levada por um trouxa, ou como chamam nos Estados Unidos, um no-maj,
  • Ele se vê envolvido em uma trama ainda maior e mais importante do que esperaria, quando conhece a auror (caçadores de bruxos das trevas) do Congresso Mágico dos Estados Unidos, Tina Goldstein, e descobre uma ameaça tão poderosa e perigosa quanto aquela que o mundo bruxo enfrentaria anos depois com Lord Voldemort,
  • Harry Potter

A saga possui sete livros originais escritos pela autora britânica J.K. Rowling, três livros de apoio e oito filmes. A história narra a história de Harry Potter, um garoto órfão e que vive com os tios, aos 11 anos descobre que é um bruxo. Ele começa a frequentar a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, onde conhece seus melhores amigos, Hermione e Rony, além de seu mentor, Alvo Dumbledore,

Ao longo dos livros, Potter vai conhecendo tudo do mundo bruxo, inclusive o maior vilão, Lord Voldemort, personagem que assassinou seus pais quando ele tinha apenas um ano de idade. Voldemort odiava aqueles que os bruxos chamam de trouxas – pessoas sem poderes mágicos – e apenas bruxos ‘’sangue puro” poderiam ter privilégios.

Mas não foi o primeiro bruxo a se tornar famoso devido a sua ambição. Newt Scamander O bruxo foi estudante da escola de Hogwarts em 1908, sendo indicado para a casa da Lufa-Lufa. Desenvolveu um interesse pelas criaturas mágicas desde cedo, mas em 1913 foi expulso da escola após colocar a vida de uma estudante em risco.

  1. Dumbledore e Grindelwald
  2. Alvo Dumbledore aparece em Animais Fantásticos apenas como professor da escola, e foi o responsável por deter um grande bruxo das trevas em 1945, Grindelwald.
  3. No sétimo e último livro da saga, As Relíquias da Morte, o enredo de Dumbledore e Grindelwald retorna quando a jornalista Rita Skeeter publica uma biografia de Dumbledore, mas a relação dos dois é mencionada apenas de passagem.

Ao ler a biografia, Harry descobre muito sobre o passado de Dumbledore, incluindo que o diretor teve uma relação com Grindelwald na juventude. O que deixa isso mais claro no novo filme de Animais Fantásticos: Os segredos de Dumbledore. Varinha das Varinhas Em Animais Fantásticos explica como o Dumbledore conquistou a Varinha das Varinhas – uma Relíquia da Morte – em uma luta contra o Grindewald.

Quem é o Voldemort em Animais Fantásticos?

Tom Riddle – nome real de Voldemort – nasceu justamente no ano de 1926, onde começa o primeiro dos novos filmes. Voldemort estudou em Hogwarts entre 1938 e 1945. Em Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore, filme mais recente da nova saga, há um salto temporal e a trama se passa em 1932.

Onde se passa Animais Fantásticos?

1- Animais Fantásticos e Onde Habitam (2016) – O primeiro filme da série segue o jovem Newt Scamander (Eddie Redmayne) ao ser chamado para resgatar três animais do mundo bruxo que estão aterrorizando o mundo dos Trouxas (não bruxos) na Nova York de 1926.

O que Grindelwald tem a ver com Voldemort?

O grande erro de Voldemort – Embora fosse extremamente poderoso, Voldemort não consegue alcançar o mesmo nível de sucesso que Grindelwald. Ele também não consegue mostrar o mesmo domínio sobre as artes das trevas. Grindelwald pode conjurar chama intensa, resistir à Legilimência de Voldemort, camuflar-se e lidar com criaturas mágicas obscuras.

  1. Ele também é particularmente habilidoso com magia de cura e pode lançar feitiços sem uma varinha ou palavras.
  2. Mesmo Voldemort não consegue alcançar algumas dessas habilidades.
  3. Seu verdadeiro poder reside em sua capacidade de aterrorizar seus oponentes, e isso só pode ir até certo ponto.
  4. Grindelwald, o principal vilão da série Animais Fantásticos, alcança um objetivo que Voldemort nunca alcança: ele convence dezenas de seguidores a se juntarem à sua cruzada para governar os trouxas, e ele inspira lealdade genuína.

Embora forte o suficiente para matar Lily e James Potter de uma só vez, Voldemort comanda seus seguidores através do medo. Como visto em As Relíquias da Morte, muitos de seus seguidores são propensos a abandoná-lo. Voldemort também comete o erro de confiar em seus seguidores para obedecê-lo.

  1. Grindelwald garante que seus seguidores sejam leais à causa, literalmente fazendo-os andar através do fogo.
  2. Além de sua melhor posição com seus seguidores, Grindelwald mantém o controle do Mundo Bruxo por quase duas décadas.
  3. Por outro lado, Voldemort só está no poder por cerca de um ano.
  4. Grindelwald também assume o controle sobre áreas em todo o mundo, enquanto Voldemort só mantém o Reino Unido em seu alcance.

Além disso, Grindelwald não apenas derrotou quase todas as pessoas que enfrentou, mas também assumiu o controle total da Varinha das varinhas. Das muitas fraquezas de Voldemort, não controlar totalmente esse artefato é significativo. A varinha mais poderosa dá ao usuário habilidades incomparáveis.

  • Quando não pertence verdadeiramente ao portador, essas habilidades não podem ser totalmente realizadas.
  • Além disso, a grande derrota de Grindelwald contra Dumbledore provavelmente teve muito a ver com seus sentimentos um pelo outro.
  • Uma das maiores falhas de Voldemort foi sua arrogância e, no final, isso lhe custou tudo.

Embora ambos os bruxos das trevas sejam certamente culpados disso, a arrogância de Voldemort é notória. Isso o leva a dividir sua alma várias vezes, tornando sua magia instável, e ele escolhe itens famosos para criar as Horcruxes,. Se eles fossem itens comuns, teria sido muito mais difícil para Harry encontrá-los todos e destruí-los.

  1. Um último prego no caixão de Voldemort é o fato de que sua arrogância faz com que ele seja enganado por um garoto de 17 anos que se finge de morto.
  2. Ele acredita que é o melhor e mais brilhante bruxo vivo.
  3. Ninguém poderia enganá-lo em sua mente e, claro, isso leva à sua ruína quando Harry o derrota e reduz o mago a nada além de cinzas (no filme, já que nos livros ele morre como um homem comum).

Você pode assistir todos os filmes de Harry Potter, além do especial De Volta a Hogwarts, no HBO Max, Este post Voldemort vs Grindelwald: Quem era mais poderoso em Harry Potter? foi publicado primeiro no Observatório do Cinema,

Porque Harry Potter foi expulso de Hogwarts?

Antes do ano letivo começar, Potter precisou salvar o seu primo de um ataque de dois Dementadores, porém, ao usar magia fora da escola, o Ministério da Magia decide expulsar o menino de Hogwarts.

Qual o nome da filha do Voldemort?

VOLDEMORT É PAI – Por muito estranho que isto vos possa soar é importante ter em conta que apesar de nunca ter amado houve uma pessoa que sempre amou Voldemort. Bellatrix sempre foi apaixonada pelo Dark Lord e saber que os dois tiveram uma filha é perturbador. Delphini é a filha de Voldemort e Bellatrix Lestrange. A criança nasceu na mansão dos Malfoy pouco tempo antes da Batalha de Hogwarts. Bem, há uma coisa que não muda. Acontecesse o que acontecesse duvidamos que Tom Riddle sentisse qualquer tipo de amor pela sua filha.

Quem é o verdadeiro herdeiro de Sonserina?

– Quando a Câmara Secreta foi aberta pela primeira vez, uma mensagem apareceu escrita na parede: “inimigos do Herdeiro, cuidado!” De alguma forma ficou implícito que que Herdeiro era o Herdeiro de Slytherin. Quando o Professor Binns está contando para a turma sobre o mito da Câmara Secreta, ele menciona os quatro fundadores de Hogwarts: Godric Gryffindor, Salazar Slytherin, Rowena Ravenclaw e Helga Hufflepuff.

Ele comenta que uma discussão explodiu entre eles, a respeito de aceitar ou não aqueles que não pudessem provar raízes mágicas, e Salazar Slytherin ficou sozinho contra os outros três. Como resultado da briga, Slytherin abandonou a escola, supostamente deixando atrás de si, a Câmara Secreta, contendo um monstro.

Binns comenta que desde então, durante séculos, ninguém nem sequer conseguiu encontrar em Hogwarts nem um armário de vassouras secreto. No Clube dos Duelos, Harry vê que a serpente está para atacar Justin Finch-Fletchley. Harry então diz à serpente para se recolher.

  • Começa uma grande confusão, e Ron e Hermione, puxam Harry para o lado e perguntam que habilidade é essa.
  • Parece que ser um Parselmouth, poder falar com serpentes, está ligado a Salazar Slytherin e seus herdeiros.
  • Harry fica imaginando se ele poderia ser herdeiro de Slytherin, porque ele sabe muito pouco de sua linhagem.

Na Câmara propriamente dita, vemos uma grande estátua de um bruxo, que Harry presume ser Salazar Slytherin. Também encontramos Tom Marvolo Riddle, que por sua vez, é o herdeiro de Slytherin. Presente apenas em espírito, ele estava, ao mesmo tempo, controlando Ginny e fazendo com que ela agisse como herdeira de Slytherin.

Qual o segredo de Dumbledore em Animais Fantásticos?

Terceiro longa da franquia derivada de “Harry Potter” chega aos cinemas nesta quinta-feira (14) ” Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore ” chega aos cinemas nesta quinta-feira (14) e promete explorar uma história ainda pouco conhecida pelos fãs dos filmes de ” Harry Potter ” e seu derivado: a de Alvo Dumbledore ( Jude Law ), um dos maiores bruxos do mundo mágico.

  1. Apesar de os livros de “Harry Potter” já terem se aprofundado no passado do diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, será a primeira vez que a trama será explorada nas telonas, trazendo novidades para o público que acompanha apenas os filmes.
  2. Nós já assistimos a “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore” – você pode conferir a nossa crítica clicando aqui – e, se você tem pressa para saber quais são os segredos de Alvo Dumbledore, a gente te conta a seguir.

Se você não quiser saber o que acontece em “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore”, sugiro que pare de ler agora e volte apenas quando tiver assistido ao filme, pois os parágrafos seguintes contém spoilers. Se você já leu “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, livro lançado em 2007 e que encerra a franquia do menino bruxo da qual “Animais Fantásticos” é derivada, conheceu parte da história de Alvo Dumbledore,

  1. Criado em Godric’s Hollow, mesmo local onde moraria Harry Potter muitos anos depois, ele era o filho mais velho do casal Kendra e Percival Dumbledore, e irmão de Aberforth e Ariana,
  2. Brilhante, o jovem bruxo chamou a atenção de Gerardo Grindelwald, sobrinho da historiadora Batilda Bagshot, que era sua vizinha no vilarejo.
You might be interested:  Onde Não Puderes Amar Não Te Demores

Eles se tornaram amigos e, com o tempo, acabaram se relacionando amorosamente, já que eram ambiciosos e dividiam ideais. No entanto, a juventude de Dumbledore também foi marcada pela tragédia. “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore” confirma que sua irmã mais nova, Ariana, tida como uma criança “doentinha”, era um Obscurus.

Ou seja, ao reprimir a sua magia, devido a um trauma na infância que levou o seu pai à cadeia para sempre, a menina desenvolveu uma força das trevas parasitária e incontrolável, assim como Credence Barebone, personagem de Ezra Miller na franquia. Em um de seus ataques, Ariana acabou tirando a vida da própria mãe, ficando aos cuidados dos irmãos.

Porém, conforme Dumbledore se envolvia mais com Grindelwald e seus planos de dominarem o mundo, a criança ficava cada vez mais sozinha, apenas como o outro irmão. Aberforth começou a ficar incomodado com a ausência do irmão e eles entraram em uma discussão, que acabou se transformando em um duelo entre os dois e Grindelwald,

  1. Ariana tentou interferir, mas acabou sendo atingida por uma maldição, que nem Dumbledore ou Aberforth sabem quem lançou, e morreu.
  2. Assistindo à briga, Grindelwald ria, divertindo-se com o resultado da altercação.
  3. Foi assim que Dumbledore decidiu deixar o amante e seus planos para trás, tornando-se professor de Hogwarts e, eventualmente, diretor da escola de magia.

Já assistiu a “Os Segredos de Dumbledore”? Então, diz pra gente, qual é o seu favorito da franquia “Animais Fantásticos”?

“Animais Fantásticos e Onde Habitam””Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald””Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore”Prefiro “Harry Potter

Leia mais sobre “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore”:

“Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore” é de causar revolta em qualquer fã de “Harry Potter” | Crítica Quem é Vicência Santos, personagem de Maria Fernanda Cândido em “Animais Fantásticos 3”? Onde está localizado o Ministério da Magia brasileiro? “Animais Fantásticos 3” responde! Credence Barebone realmente é da família Dumbledore ou foi enganado por Grindelwald?

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!

Instagram: @cinebuzzbr Twitter: cinebuzzbr TikTok: cinebuzzbr Facebook: CineBuzzBrasil Letterboxd: CineBuzzBr

Qual era a idade de Dumbledore?

Dumbledore tem uns 150 anos. Dumbledore e Flamel ‘tornaram-se amigos durante a vida de Dumbledore, eles não tinham sido amigos de infância.’ Fawkes sempre pertenceu a Dumbledore.

Qual a idade de Dumbledore em Animais Fantásticos?

Quanto anos tem Dumbledore em Animais Fantásticos e quantos anos ele tinha em Harry Potter? O mago teve uma vida longa e próspera! Em pouco mais de um mês, nós retornaremos ao Mundo Bruxo graças a, filme que deve explorar um pouco mais das crescentes tensões entre os bruxos durante a década de 30, com a ascensão desenfreada de e sua sombra se espalhando pela Europa.

  • Além disso, o filme ainda nos fará reencontrar, muito mais jovem e prestes a embarcar na guerra mais triste de sua vida.
  • Muitos se questionam sobre a idade do bruxo, uma vez que ele sempre é visto como um velho excêntrico nas páginas da saga de,
  • Em Animais Fantásticos, estamos sendo convidados a visitar um Alvo mais enérgico e assertivo, que conserva muito da rebeldia de sua juventude, mas que também está trilhando o caminho para virar o amado diretor da,

Oficialmente, nos escritos de, Alvo Dumbledore nasceu em 21 de agosto de 1881, na vila de Mould-on-the-Wold, na Inglaterra. Sua juventude foi tumultuada e marcada por várias polêmicas familiares, inclusive toda a prisão de seu pai em Azkaban. Quando adolescente, ele se tornou amigo de Gerardo Grindelwald e os dois faziam planos e planos de viajar pelo mundo, dominar as Relíquias da Morte e conquistar poder absoluto. Dumbledore já era centenário quando apareceu na saga de Harry Potter. Quanto à sua idade nas sagas apresentadas, precisamos lembrar que Animais Fantásticos e Onde Habitam se passa em 1926 – porém, Dumbledore só foi aparecer no segundo filme da franquia, que é ambientado em 1927.

  • Com isso, ele tem 46 anos quando o vemos pela primeira vez, interpretado por Jude Law,
  • O personagem retornará em Os Segredos de Dumbledore, que é ambientado na década de 30 – ou seja, ele deve estar entre o final dos 40 e o começo dos 50 anos aqui.
  • Já a saga de Harry Potter é bem curiosa e já começa quando o bruxo passou de seu centenário.

Na cena inicial do primeiro livro, quando Harry é resgatado após a morte de seus pais, Dumbledore está com exatos 100 anos, no momento em que deixa o jovem menino ao cuidado dos terríveis Dursley. Vale lembrar que esse “prólogo” se passa dez anos antes do começo das aulas de Harry em Hogwarts.

Então, entre A Pedra Filosofal e O Enigma do Príncipe (que é quando Alvo é morto em um plano arquitetado por ele próprio e Severo Snape ), viajamos do ano de 1991 até 1997. No primeiro ano letivo de Harry em Hogwarts, alvo tem 110 anos, e ele falece com 116 anos, É uma vida longa e plena, e é sabido que parte dessa longevidade pode ser explicada através da Pedra Filosofal, já que Alvo era amigo próximo de Nicolau Flamel e poderia ter recebido um pouco do elixir da vida para se manter firme e forte por tanto tempo.

Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore estreia no dia 14 de abril de 2022, Abaixo, confira também: : Quanto anos tem Dumbledore em Animais Fantásticos e quantos anos ele tinha em Harry Potter?

Vai ter o 4 filme de Animais Fantásticos?

Animais Fantásticos 4 vai acontecer? – Eddie Redmayne em Animais Fantásticos e Onde Habitam O futuro é incerto para o quarto filme da franquia Animais Fantásticos. Quando o primeiro foi lançado, J.K. Rowling chegou a anunciar que Animais Fantásticos seria uma série de cinco filmes, que cobririam os eventos ocorridos no mundo mágico entre os anos de 1926 e 1945 –como a Primeira Guerra Bruxa e o duelo entre Alvo Dumbledore e Gellert Grindelwald.

  1. No entanto, Newt Scamander e sua turma falharam em se conectar com a audiência por diversas razões e, em comparação com os filmes de Harry Potter, foram um grande fracasso.
  2. Animais Fantásticos deveria seguir Newt Scamander (Eddie Redmayne) e suas criaturas, mas a história logo mudou de foco para o conflito entre Dumbledore e Grindelwald, dando à trilogia um tom inconsistente.

Os filmes ainda foram ofuscados pelas polêmicas envolvendo seus atores principais e a própria J.K. Rowling, Ainda que Animais Fantásticos 4 não tenha sido oficialmente cancelado, ele também não está em produção. A revista Variety confirmou que não há nenhum projeto da franquia em andamento, então o longa não tem avançado nem nos bastidores –principalmente com os planos da Warner de continuar a saga Harry Potter.

O que aconteceu com Newt Scamander em Harry Potter?

Newt queria impedir a execução de Bicuço – Bicuço é o hipogrifo “temperamental” que ataca Draco Malfoy em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Na trama, o bichinho é condenado à morte injustamente, e Harry e seus amigos decidem resgatá-lo com a ajuda do Vira-Tempo. Newt é um amante de criaturas mágicas e isso não é segredo para ninguém, então faz muito sentido que o magizoologista ficasse sabendo da execução de Bicuço e tentasse impedir sua morte.

Quem é o Grindelwald em Harry Potter?

Gerardo Grindelwald ( 1882 / 1883 – março de 1998 ) foi um bruxo das trevas imposto como um dos mais poderosos e notórios de todos os tempos — seus únicos superiores foram Alvo Dumbledore e Lorde Voldemort, Sendo estudante do Instituto Durmstrang, Grindelwald foi expulso por executar feitiços obscuros e distorcidos durante um ataque quase fatal a outros alunos.

Após deixar Durmstrang, ele promoveu um relacionamento romântico com Alvo Dumbledore, com quem fez planos para encontrar todas as três Relíquias da Morte e liderar uma revolução bruxa para acabar com o Estatuto Internacional de Sigilo em Magia e criar um nova ordem mundial inteiramente mágica, dominando os trouxas,

Aos dezessete anos, sua parceria com Dumbledore acabou quando os dois se envolveram em um duelo a três com Aberforth, irmão de Alvo, que resultou na morte precoce da irmã de Dumbledore, Ariana, Grindelwald deixou a Grã-Bretanha e roubou a Varinha das Varinhas de Mykew Gregorovitch, prosseguindo sozinho com a revolução que havia feito com Dumbledore.

Ele foi uma figura complexa, altamente idealista e talentosa, dedicada a alcançar seus objetivos a qualquer custo. Um revolucionário operando fora da lei, Grindelwald e seus seguidores cometeram vários crimes, incluindo inúmeros assassinatos. Com atos violentos nos Estados Unidos e Europa, ele finalmente estabeleceu uma base no Castelo de Nurmengard, na Áustria,

Em 1945, no auge de seu poder, Grindelwald foi confrontado e derrotado por Dumbledore em um duelo lendário, sendo posteriormente preso em sua própria fortaleza por décadas. Ele foi assassinado por Lorde Voldemort em 1998, após recusar-se a revelar a localização da Varinha das Varinhas.

Qual a diferença de tempo entre Animais Fantásticos e Harry Potter?

Tudo que você precisa saber sobre o novo mundo mágico de J.K. Rowling – Warner Bros. Pictures / Divulgação Quase dez anos depois de lançado o último livro, quando todo mundo achava que a história de Harry Potter havia terminado, a escritora J.K. Rowling surpreendeu os fãs e resolveu revisitar seu mundo mágico.

  1. Só que desta vez o bruxinho não está presente.
  2. Como assim? Bem, “Animais Fantásticos e onde Habitam” é o que no cinema se costuma chamar de “prequel”, uma história que acontece antes dos eventos retratados nos livros e filmes de “Harry Potter”, mais precisamente na Nova York de 1926, 54 anos antes de o bruxinho nascer.

Também não há exatamente um livro no qual o filme se baseia: em seu primeiro roteiro cinematográfico, Rowling se inspirou no autor de “Animais Fantásticos e onde Habitam”, livro fictício usado como material didático na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, que chegou a ser lançado no “mundo real” em 2001.

  • Então, mesmo para os fãs mais fanáticos, o novo filme traz todo um universo desconhecido, que apresentamos para você a seguir.
  • Obs.: para saber o significado de termos específicos do mundo de J.K.
  • Rowling, destacados em laranja, basta rolar até o final da página e conferir o glossário.
  • Viaje por Nova York com os personagens de “Animais Fantásticos e onde Habitam” Jaap Buitendijk / Divulgação Warner Bros.

Pictures / Divulgação Warner Bros. Pictures / Divulgação Newton Ártemis Fido Scamander nasceu em 1897, na Inglaterra, filho de uma criadora de hipogrifos, No mundo de Harry Potter, ele é um muito respeitado magizoologista, autor do livro “Animais Fantásticos e onde Habitam”, uma espécie de manual sobre criaturas mágicas usado como material didático em Hogwarts,

  • Expulso da escola por colocar em risco a vida de outro estudante, Newt começou a trabalhar no Departamento para Regulamentação e Controle das Criaturas Mágicas do Ministério da Magia britânico.
  • Foi lá que ele recebeu o convite para escrever um livro sobre animais fantásticos e partiu em uma volta ao mundo para estudar e coletar espécimes.

A publicação resultante sairia em 1927 e se tornaria um sucesso. Newt não tem qualidades heroicas comuns. É alguém bastante antissocial. Ele tem essa mistura estranha de ser muito confiante quando está sozinho ou na companhia das suas criaturas e, ao mesmo tempo, sua capacidade de interagir com outros humanos não é muito boa.

Eddie Redmayne, intérprete de Newt Mas o filme nos apresenta Newt um pouco antes disso, em 1926, ao final de sua viagem, quando ele visita Nova York. Ao chegar à cidade, ele acidentalmente troca a maleta onde guarda seus animais com a de um não-maj, Jacob Kowalski, e as criaturas escapam, provocando muitos estragos.

Lá ele também conhece Porpentina Goldstein, que perdeu recentemente seu emprego de auror, e a irmã dela, Queenie, uma legilimente, Na época em que Harry Potter frequentou Hogwarts, “Animais Fantásticos e onde Habitam” já havia chegado à 52ª edição, e Newt, aposentado, vivia tranquilamente no litoral da Inglaterra com sua mulher -que ele conheceu naquela fatídica visita a Nova York, mas que não vou contar quem é, para não estragar a surpresa. Jaap Buitendijk / Divulgação

You might be interested:  Onde Assistir Palmeiras X Ituano

Quem foi o grande amor de Dumbledore?

É preciso coragem para defender J.K. Rowling, que nos últimos tempos se divorciou de parte da legião de fãs de “Harry Potter” por declarações vistas como transfóbicas, Embora a autora não pareça ter sofrido impactos financeiros, a ponto de ter sido a mais vendida do Brasil no ano retrasado, seu cancelamento tem rendido até ameaças de morte,

Para os que não vivem no Twitter, Rowling escreveu há três anos que, diante da propagação de políticas públicas que facilitam o acesso a cirurgias de redesignação sexual e adoção de nomes sociais, estava preocupada com a chance de homens se fingirem de mulheres trans para abusarem sexualmente de mulheres cisgênero em banheiros.

O posicionamento vira e mexe volta à pauta das redes, muitas vezes com a própria escritora pondo lenha na fogueira —caso, por exemplo, de quando ela divulgou uma loja que comercializa camisetas estampadas por frases como “mulheres trans são homens”.

Este não é um texto para defender o que Rowling pensa sobre identidade de gênero —até porque, nisto, o autor discorda dela—, mas sobre o retrato que ela propõe da homossexualidade de Dumbledore, que volta à tona com a estreia, nesta quinta-feira, de “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore”, o terceiro volume da franquia derivada de “Harry Potter”.

Corre nas redes sociais a suposição de que Rowling um dia acordou e publicou no Twitter que Dumbledore era gay, com a intenção de “queerbaiting”. É o nome dado à prática de lançar uma isca para agradar a comunidade LGBTQIA+ sem entregar nada concreto a fim apenas de se promover e, em última instância, lucrar.

Mas não foi assim. A revelação de Rowling se deu quando a sigla LGBTQIA+ ainda era chamada de GLS —gays, lésbicas e simpatizantes—, e o Twitter, principal palco do imbróglio, mal tinha sido criado. Era outubro de 2007. A autora estava em turnê pelos Estados Unidos para lançar “As Relíquias da Morte”. Numa sessão de autógrafos no Carnegie Hall, em Nova York, uma leitora perguntou se “Dumbledore, que acreditava no poder do amor, já tinha se apaixonado alguma vez”.

Rowling respondeu que ele tinha se apaixonado por Grindelwald, o grande bruxo das trevas que precedeu Voldemort, o vilão de “Harry Potter”. A paixão o teria feito cair na lorota de que os bruxos, superiores, deveriam subjugar os “trouxas” —isto é, os não-mágicos—, numa referência ao nazismo.

  • Ele ficou cego por amor”, disse a autora, e decidiu se tornar celibatário.
  • Ela acrescentou que uma vez precisou corrigir o roteirista de “Harry Potter” e dizer que não fazia sentido o diálogo que ele tinha criado, em que Dumbledore contava a Harry sobre uma garota do passado.
  • A plateia foi então tomada por um silêncio sepulcral.

Até que, de repente, explodiu em aplausos, ao que a escritora respondeu que “se soubesse que os faria tão felizes, teria dito antes”. A cena é de uma inocência difícil de acreditar numa época em que produções como o revival de “Sex and the City” forçam a barra para corrigir a falta de representatividade do passado e criam personagens cuja personalidade se resume a ser gay, lésbica, bissexual —ou, no caso do seriado, não-binário.

Os livros de Rowling são criticados por não terem mostrado a homossexualidade de Dumbledore, mas a crítica é anacrônica. É inquestionável que a sexualidade molda a trajetória de um indivíduo, mas “Harry Potter”, muito mais interessado no amor entre mãe e filho, entre irmãos e, principalmente, entre amigos, nunca deu ênfase ao casamento ou ao namoro de seus personagens, com exceção dos que, na linha narrativa do presente, faziam a narrativa avançar.

O leitor nunca é apresentado, por exemplo, ao trágico romance da professora McGonagall, também revelado por Rowling ao responder à pergunta de um fã numa sessão de autógrafos. Pelo contrário. Uma das maiores reclamações dos leitores é a falta de construção do relacionamento de Harry com Gina, ou seja, do protagonista com a irmã do melhor amigo, Rony.

  • À parte o estilo da narrativa, é preciso lembrar que, se por um lado a plateia no Carnegie Hall aplaudiu Rowling, a revelação motivou enxurradas de comentários homofóbicos nos portais de notícia e até entre os fãs.
  • Vale lembrar que era uma época em que dava para contar nos dedos das mãos as celebridades que admitiam abertamente fazer parte da comunidade LGBTQIA+.

Na televisão brasileira, um beijo gay tinha acabado de ser censurado em “América”, da Globo, e figuras como Crô ou Félix, que reforçavam estereótipos associados à comunidade gay, nem sequer existiam em histórias vistas pelo grande público. E que Rowling só conseguiu convencer uma editora a publicar o seu livro —sete anos depois de escrevê-lo, e depois de 12 recusas— após aceitar pegar emprestado o nome de sua avó paterna, Kathleen, para criar seu nome artístico.

O motivo? Meninos não leriam um livro de fantasia escrito por uma mulher, dizia a casa que enfim lhe abriu as portas. É difícil esperar que uma autora forçada a fingir ser um homem conseguiria abordar de maneira explícita a homossexualidade de um personagem, ainda que ela fosse essencial à narrativa.

Com o passar dos anos, a fama e o dinheiro certamente trouxeram liberdade criativa a Rowling, mas em 2007, ano de publicação do último “Harry Potter”, as portas do armário ainda estavam lacradas no showbiz. Em alguns locais, estão até hoje. O novo “Animais Fantásticos” teve duas de suas cenas com referência à homossexualidade censuradas na China.

Houve quem acusasse Rowling de ter baixado a cabeça para a censura, quando a decisão certamente estava nas mãos do estúdio, que nunca abriria mão de pôr o filme em cartaz num país que é o maior mercado de cinema do mundo depois dos Estados Unidos e responde por um terço da bilheteria dos volumes anteriores da franquia.

Talvez seja por isso que, no segundo “Animais Fantásticos”, a questão gay não era retratada de maneira explícita, mas mencionada apenas numa cena em que Dumbledore diz que ele e Grindelwald eram “mais do que irmãos” ao revelar ter feito um pacto de sangue com o bruxo.

Qual é a casa de Grindelwald?

Grindelwald não estudou em Hogwarts e muito menos foi da Sonserina. Estudou no Instituto Durmstrang, mas foi expulso aos 17 anos, em seu sétimo ano na escola. Foi buscar informações das Relíquias da Morte e acabou indo parar em Godric’s Hollow, onde sua tia-avó Batilda morava.

Porque Voldemort não matou Grindelwald?

Harry Potter: 7 motivos pelas quais Voldemort é mais forte que Grindelwald e 8 razões pelas quais ele é mais fraco Entre esses dois antagonistas, quem é o bruxo das trevas mais forte? Para responder a essa pergunta, estamos explorando por que Vordemort supera Grindelwald e vice-versa.

Por que Voldemort é mais forte que Grindelwald Embora Voldemort e Grindelwald tenham essencialmente os mesmos objetivos em sua aquisição hostil do mundo mágico, eles não poderiam ter feito isso de maneiras mais diferentes. Voldemort matou Grindelwald Entre Voldemort e Grindelwald, Voldemort tecnicamente saiu por cima nesta área em particular.

Talvez uma das maneiras mais significativas pelas quais Voldemort triunfou sobre Grindelwald é que foi ele quem matou o outro bruxo das trevas em Harry Potter e as Relíquias da Morte. Dito isso, Grindelwald não estava no auge de seu poder, então não foi uma luta justa.

  1. Voldemort só o matou enquanto ele apodrecia em uma cela na prisão de Nurmengard porque estava frustrado, com pressa de ir atrás de Harry, e percebeu que Grindelwald não iria lhe dar a localização da Varinha das Varinhas.
  2. Sem Voldemort, Grindelwald ainda estaria vivo.
  3. No entanto, ele também disse que estava ciente de que Voldemort eventualmente viria atrás dele, sabendo que era assim que ele encontraria sua morte.

Voldemort era um ofidioglota Voldemort e Grindelwald tinham habilidades especiais, mas a habilidade de Tom Riddle de falar com cobras, um poder que ele inadvertidamente deu a Harry Potter, acabou sendo extremamente útil. Voldemort era um renomado ofidioglota, que o ajudou em seus esquemas tortuosos, devido ao seu controle sobre todas as coisas serpentes.

Voldemort tinha um poderoso aliado conhecido como Nagini. Embora haja alguma história de fundo sobre Nagini divulgada na série Animais Fantásticos – incluindo a polêmica revelação de que Nagini é um Maledictus – ela nunca foi uma serva de Grindelwald. Sem Nagini, é possível que Voldemort não fosse capaz de retornar ao poder total.

Ela, junto com Pedro Pettigrew, foram os únicos seres vivos que Voldemort manteve com ele enquanto estava enfraquecido, e eles ajudaram a trazê-lo de volta à sua capacidade mais potente. Suas habilidades de língua de cobra também foram como seu horcrux foi capaz de controlar o basilisco em Harry Potter e a Câmara Secreta.

Voldemort tinha Horcruxes Voldemort e Grindelwald tinham certas aspirações de dominar a morte. Enquanto a busca de Grindelwald envolvia encontrar itens que o tornariam um mestre da morte, Voldemort aparentemente encontrou uma maneira de se tornar imortal na forma de Horcruxes. Dividindo sua alma em sete pedaços, Voldemort era quase invencível.

Cada Horcrux tinha uma maneira de se defender. As Horcruxes ameaçaram Harry e seus amigos em várias ocasiões, e uma delas conseguiu causar a inevitável morte de Alvo Dumbledore. Mesmo que alguém destruísse todas as Horcruxes, eles ainda teriam que duelar com o próprio Voldemort, que era mais do que um bruxo capaz.

As Horcruxes tornaram a destruição de Voldemort uma tarefa impossível, e o conhecimento de seu paradeiro era difícil de decifrar para Harry, Rony e Hermione. Apenas o mais determinado dos bruxos tentou. Os Comensais da Morte de Voldemort Eram Poderosos Voldemort e Grindelwald tinham seguidores, mas Voldemort era indiscutivelmente um grupo mais poderoso.

Voldemort foi eficaz em ambas as Guerras Mágicas porque tinha seus numerosos Comensais da Morte ao seu lado. Os poderosos Comensais da Morte não eram apenas numerosos em número, mas também tinham uma série de habilidades mágicas que a maioria dos bruxos não poderia possuir.

  • Os Comensais da Morte chamam Voldemort a qualquer momento, que estaria a pouco mais de segundos de distância.
  • Eles também podiam se transformar em nuvens de fumaça que lhes permitiam viajar a distâncias rápidas ou até mesmo lutar mais rápido do que a maioria dos magos.
  • Os Comensais da Morte também eram leais a Voldemort, seja pelo medo ou pela crença verdadeira em seu mundo ideal.
You might be interested:  Por Onde Sai A Menstruação

Seja qual for o motivo, eles eram mortais. O nome de Voldemort inspirou medo mesmo após sua morte Voldemort e Grindelwald diferem de uma maneira importante: o reinado de Voldemort foi tão hediondo que os bruxos nem pronunciavam seu nome verdadeiro após sua primeira morte.

  • Lord Voldemort nem era seu nome verdadeiro.
  • No entanto, inspirou medo nos corações de tantos magos que ninguém ousou pronunciá-lo.
  • Poucas pessoas também sabiam seu nome real.
  • O que há de tão perigoso no medo do nome é que ele só fez os bruxos temerem Voldemort ainda mais.
  • Harry, Rony e Hermione não tiveram medo de usar o nome porque sabiam que isso apenas os dissuadiria de lutar contra ele.

Muitos bruxos optaram por não participar da Guerra Bruxa simplesmente por causa do medo que tinham do Lorde das Trevas. Uma de suas maiores armas era o medo psicológico criado pela violência aleatória e excessiva. Voldemort e Grindelwald eram bruxos das trevas que lideraram muitas pessoas em seu tempo.

  1. No entanto, Voldemort nunca jogou o jogo longo.
  2. Ele estava preocupado com quem estava em seu caminho e esgotou todos os recursos possíveis para se livrar deles.
  3. Voldemort persuadiria as pessoas a se juntarem a ele apenas para matá-las momentos depois.
  4. Voldemort devastou seus Comensais da Morte algumas vezes.

Ele não tinha nenhuma consideração pela vida humana e nenhuma consideração pela vida dos bruxos. Tudo o que ele viu foi seu objetivo final, e ele iria se livrar de qualquer um que precisasse ao longo do caminho. Voldemort gostava de matar Voldemort e Grindelwald eram ambos assassinos, mas estava claro que Voldemort gostava de matar.

Voldemort celebrou o fim da vida quando não tinha nada a ver com a sua. Ele destruiu vidas porque era divertido e enviou seus Comensais da Morte para atormentar bruxos e trouxas. Os verdadeiros prazeres de Voldemort/Tom Riddle em tortura e assassinato foram revelados através das memórias de Dumbledore em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, e os atos hediondos que ele cometeu para fazer suas Horcruxes.

Da mesma forma, alguns de seus Comensais da Morte compartilharam seu amor pela morte, como Bellatrix Lestrange, e enlouqueceram quando se tratou da batalha em Hogwarts. Esse amor pela morte fez de Voldemort um canhão solto do que Grindelwald, que usava o assassinato principalmente como um meio para um fim, e não como um esporte a ser apreciado.

  • Não havia como dizer o que ele faria a seguir porque o céu era o limite para ele.
  • Não importava quem era.
  • Se eles entrassem em seu caminho, eles iriam morrer.
  • Por que Voldemort é mais fraco que Grindelwald Um dos fatos definidores do personagem de Voldemort é que ele temia a morte, uma grande diferença entre Voldemort e Grindelwald, apesar de sua busca pelas misteriosas Relíquias da Morte.

Grindelwald não temia a morte É por isso que ele foi a extremos para evitá-lo, ou seja, a criação de seus Horcruxes. Grindelwald, por outro lado, não temia a morte, o que o tornava mais poderoso em muitos aspectos. Ele não era limitado por nada. Ele também não temia Dumbledore da mesma forma que Voldemort.

  1. Há uma excelente chance de que Grindelwald soubesse criar Horcruxes, dados seus estudos aprofundados das Artes das Trevas, mas nunca sentiu a necessidade de fazê-las, deixando sua alma intacta.
  2. Ele abraçou a morte quando Voldemort finalmente veio chamando, e Grindelwald era capaz de jogar o jogo longo enquanto Voldemort era imprudente e guiado por seu medo obsessivo de deixar o reino mortal.

Grindelwald foi capaz de resistir aos Legilimens mais poderosos de todos os tempos Tanto Voldemort quanto Grindelwald são altamente proficientes nas artes mentais, Legilimência e Oclumência. No entanto, Grindelwald foi capaz de se livrar das tentativas de Voldemort de Legilimência.

  • Depois que Grindelwald foi preso e jogado em uma cela, ele se tornou suscetível a Voldemort, que estava desesperado para encontrar a Varinha das Varinhas.
  • No entanto, Grindelwald foi capaz de resistir a Voldemort – que é considerado o Legilimencia mais poderoso de todos os tempos.
  • Ele não divulgou a localização da varinha, como seu ato final de redenção.

Ele até provocou Voldemort e não demonstrou medo diante de sua morte potencial, novamente, outra coisa que ele tinha sobre Voldemort. As únicas outras pessoas conhecidas por resistir à Legilimência de Voldemort foram Severo Snape e, surpreendentemente, Narcissa Malfoy.

De qualquer maneira, o fato de Grindelwald ser capaz de manter sua mente longe dos poderes de sondagem de Voldemort era uma prova de sua força. Seguidores de Grindelwald eram mais leais Voldemort e Grindelwald tinham um fluxo constante de seguidores, mas muitos desertaram após a primeira queda de Voldemort, enquanto Grindelwald parecia ser muito mais leal.

Enquanto Voldemort tinha seus Comensais da Morte, Grindelwald tinha seus Acólitos. De certa forma, os Acólitos eram um grupo mais leal do que os Comensais da Morte por causa de um teste inteligente estabelecido pelo bruxo das trevas. Em Crimes de Grindelwald, ele usou um círculo de fogo protetor para testar a lealdade daqueles que afirmavam se comprometer com ele, algo que Voldemort deveria ter considerado.

Muitos dos Comensais da Morte desertaram de Voldemort ou os traíram, incluindo a outrora firme família Malfoy. Grindelwald eliminou aqueles que não tinham certeza com seu teste de fogo que matou qualquer um com dúvidas. Grindelwald era o mestre da varinha das varinhas Voldemort e Grindelwald empunharam a Varinha das Varinhas em certos momentos, mas havia uma grande diferença em como cada um a usava, e apenas um deles a dominava tecnicamente.

Voldemort era um bruxo extraordinário, mas a Varinha das Varinhas nunca o obedeceu. Respondeu a Harry o tempo todo. Grindelwald, por outro lado, era o mestre da Varinha das Varinhas na época. Em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, ele foi mostrado para conjurar feitiços que a maioria dos bruxos nunca sonharia em alcançar.

  • Foram necessários vários aurores e feiticeiros para lutar contra seu feitiço de fogo mortal no final do filme.
  • Em Os Segredos de Dumbledore, Grindelwald é visto realizando proezas semelhantes, como reanimar um Qilin morto e seu lendário duelo com Dumbledore no final.
  • Voldemort tinha poder, mas não o poder da Varinha das Varinhas.

Grindelwald foi mais persuasivo Grindelwald era um mestre do discurso. Voldemort e Grindelwald tinham seus talentos, mas Grindelwald era muito mais persuasivo. Quando ele foi preso pelo Ministério da Magia, eles cortaram sua língua por causa de quão persuasivo ele era.

Quando Grindelwald saiu e começou a acumular seguidores em toda a Europa, essa língua de prata ficou evidente. Ele tinha discursos carismáticos sobre os verdadeiros direitos tanto dos bruxos quanto dos trouxas. Em Segredos de Dumbledore ele se tornou tão poderoso que quase foi eleito Bruxo Supremo da Confederação Internacional dos Bruxos, se não fosse pelos esforços de Newt, Dumbledore e companhia.

Enquanto Voldemort provou ser persuasivo para ganhar todos os tipos de seguidores, havia pessoas que sabiam que ele era mau e se juntaram a ele de qualquer maneira. Aqueles que lutaram ao lado de Grindelwald sentiram que estavam lutando por um bem maior, assim, ele conseguiu manter seu movimento muito público.

  1. Isso tornava seus seguidores potencialmente mais ameaçadores.
  2. Grindelwald era um mestre duelista Voldemort e Grindelwald eram ótimos em duelos, mas Grindelwald supera o Lorde das Trevas.
  3. Voldemort duelou com Dumbledore, mas Dumbledore sempre teve a vantagem.
  4. Não foi até a morte de Dumbledore que Voldemort lançou um cerco a Hogwarts.

No entanto, Grindelwald conseguiu duelar com Dumbledore quando era muito mais jovem e vibrante. O duelo deles foi tão épico que se tornou uma lenda, e em Segredos de Dumbledore, Grindelwald foi claramente capaz de se defender muito bem contra seu ex-amante.

Enquanto Dumbledore saiu por cima no final, até ele admitiu para Harry que Grindelwald era muito próximo dele em habilidade. Voldemort não teria chance em um duelo contra Grindelwald. Ele era muito habilidoso. Grindelwald era mais inteligente Voldemort era um bruxo astuto, mas Grindelwald o venceu por uma milha.

Voldemort e Grindelwald tinham um pouco de astúcia, mas Grindelwald era muito mais inteligente, muitas vezes vendo os efeitos de longo prazo de suas ações e traçando planos para alcançá-los. Os Crimes de Grindelwald estavam focados apenas em encontrar uma maneira de chegar a Credence apenas para que ele pudesse adicioná-lo às suas fileiras.

Os Segredos de Dumbledore também viu Grindelwald usar sua inteligência para manipular a eleição do Bruxo Supremo a seu favor, simultaneamente ganhando aliados poderosos como Anton Vogel. Grindelwald mirou nos magos mais úteis e poderosos de seu tempo em um esforço para trazê-los para sua equipe. Se ele se deparasse com um oponente sério, Grindelwald provavelmente tentaria conquistá-lo antes de lutar contra ele, enquanto Voldemort apenas lançaria uma maldição mortal.

Grindelwald era um estrategista especialista Parece que as estratégias de Grindelwald valeram mais a pena do que as de Voldemort, apesar de ter frustrado seu objetivo de se tornar o Supremo. Em apenas seis anos, ele conseguiu conquistar quase toda a Europa, o que levou a uma Guerra Bruxa Global, onde bruxos de todos os cantos tiveram que se envolver e lutar.

Voldemort conquistou um bom pedaço da Europa, mas levou 14 anos para chegar perto do território de Grindelwald. Além disso, Voldemort não tinha o mundo inteiro atrás dele, apenas uma parte dele. A única maneira de Grindelwald ser parado e a guerra terminar foi por Dumbledore. Segredos de Dumbledore mostrou as profundidades e sucessos dos vários esquemas de alcance de Grindelwald, bem como a enorme quantidade de poder que ele acumulou.

Voldemort de Harry Potter foi parado por ninguém menos que Harry Potter, um mero garoto de 17 anos. : Harry Potter: 7 motivos pelas quais Voldemort é mais forte que Grindelwald e 8 razões pelas quais ele é mais fraco

Por que Hagrid não pode usar magia?

E o Patrono de Hagrid? – Rúbeo Hagrid foi expulso de Hogwarts por conta do incidente que matou a Murta-Que-Geme. Dumbledore, porém, convenceu o professor Dippet, diretor da escola na época, a permitir que o meio-gigante permanecesse nos terrenos do castelo, trabalhando como o Guardião das Chaves de Hogwarts.

O que aconteceu com o Hagrid?

Ele morreu em um hospital na Escócia. Em quatro décadas de carreira, Robbie Coltrane trabalhou, principalmente, no cinema e na TV. Morreu nesta sexta-feira (14), aos 72 anos, o ator escocês Robbie Coltrane.

Porque Voldemort não podia tocar a Harry?

Qual é a conexão entre Harry Potter e Lord Voldemort? – Harry Potter e Voldemort são parentes distantes, algo como primos enésimo grau, descendentes dos irmãos Peverell, de Os Contos de Beedle, o bardo, Mas mais do que isso, o que o fator que os une se deu durante o ataque aos Potter. Sem querer, Voldemort acaba transformando Harry em uma horcrux : um fragmento de sua alma que habita o garoto. Ao tentar matar Harry, Voldemort lhe confere parte de seus poderes e estabelece um elo com o garoto. (Ilustração: :Equal:, por R-Herzfield no DeviantArt) Por isso, Harry consegue ver pensamentos de Voldemort, falar com cobras e suas varinhas se ligam quando ambos se atacam.