O que significa sonhar que está saindo do próprio corpo?

O que significa sonhar que está fora do corpo? – Gladson Xavier/ Pexels Quando estão dormindo e sonhando, muitas pessoas podem ter a sensação de que, em um determinado momento, saíram de seus corpos. Algumas podem interpretar que essa experiência é apenas um sonho, mas nem sempre é assim. Na verdade, sentir que você está fora do seu corpo enquanto está dormindo pode não ser um sonho.

Há um fenômeno chamado experiência fora do corpo (EFC), que pode acontecer enquanto uma pessoa está dormindo. Por meio desse fenômeno, um indivíduo consegue se dissociar do corpo físico, atingindo um plano astral. Isso pode acontecer de forma consciente ou não. Quando a EFC é inconsciente, ou seja, quando uma pessoa não sabe que está dissociada do corpo físico, ela pode ter sonhos e pesadelos enquanto dorme, o que acontece para qualquer um.

Se a EFC é semiconsciente, no entanto, ocorre o sonho lúcido, no qual uma pessoa tem consciência de que está sonhando e não tem controle sobre o próprio corpo físico, porque ainda está dormindo. Em um último caso, a EFC ocorre de forma consciente, no caso de uma pessoa que tem estudo e preparação para atingir outros planos astrais e separar-se do corpo físico, mesmo estando viva e acordada.

O que significa sonhar acordar e voltar pro mesmo sonho?

Por que você continua tendo o mesmo sonho e o que isso significa; entenda Durante anos, de meus dentes quebrando, afrouxando ou caindo atormentaram meu sono. Meus entes queridos sempre sonharam em voar, se atrasar para a escola ou para o trabalho. Estes não são pesadelos típicos, que geralmente acontecem uma vez.

Eles são alguns dos sonhos recorrentes mais comuns, que tendem a ser negativos e podem dar algum trabalho para serem superados. “Os sonhos recorrentes são mais prováveis de serem sobre experiências de vida muito profundas ou apenas problemas de lógica de caráter que são garantidos para se repetir na vida desperta porque eles são parte de você, em vez de um evento único”, disse a pesquisadora de sonhos Deirdre Barrett, professor de psicologia no departamento de psiquiatria da Harvard Medical School.

Como nossos sonhos normalmente não se repetem, basta sonhar a mesma coisa duas ou mais vezes para que seja considerado recorrente, disse Barrett. Eles são mais comuns na infância, mas podem durar até a idade adulta. E os sonhos recorrentes nem sempre acontecem próximos uns dos outros – eles podem aparecer várias vezes por mês ou anos, disse Barrett.

Os sonhos recorrentes podem ser sempre os mesmos, ou podem apenas reciclar os mesmos tipos de cenários ou preocupações, dizem os especialistas. “É difícil avaliar a prevalência de sonhos recorrentes porque não é algo que acontece regularmente para a maioria das pessoas”, disse o psicólogo clínico Dr.

Nirit Soffer-Dudek, professor sênior do departamento de psicologia da Universidade Ben-Gurion do Negev em Israel, via e-mail. “E quando as pessoas são questionadas sobre sonhos passados em suas vidas, elas podem ser influenciadas por distorções de memória, interesse em sonhos (ou falta deles) ou outros fatores.” Independentemente disso, vale a pena investigar qualquer coisa que surja repetidamente, disse o especialista em medicina do sono, Dr.

Alex Dimitriu, fundador da Silicon Psych, uma clínica de psiquiatria e medicina do sono em Menlo Park, Califórnia. “As pessoas têm esse tipo de abordagem improvisada com coisas que são desconfortáveis ou indutoras de medo, e acho que os sonhos são, de certa forma, da mesma maneira”, disse Dimitriu.

Quando você não consegue acordar de um sonho?

Tire todas as dúvidas durante a consulta online – Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa. Mostrar especialistas Como funciona? Oi! Para te ajudar, o importante é anotar tudo que se lembra logo ao acordar e fazer sessões de terapia para entender melhor como tudo isso está ocorrendo. Procure um especialista. Espero que tenha ajudado! Abs e fique bem! Te convidamos para uma consulta: Primeira consulta psicologia – R$ 100 Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.

  • Olá! No processo de terapia você pode apresentar mais elementos para análise do que está ocorrendo, procure por um psicanalista/psicólogo freudiano, que pode te auxiliar nesta questão.
  • Espero ter ajudado, abs! Olá! É claro que é importante um relato mais detalhado desses episódios.
  • No entanto, se baseando em apenas na sua descrição breve do episódio, parece muito com a definição de Sonho Lúcido.

Que se refere à percepção consciente de que está em estado de sonho. Bom dia! Sonhos são produções inconscientes que se manifestam quando dormimos. Nossa própria censura, que impede de entrarmos em contato com esse conteúdo, não está tão vigilante quando não estamos acordados.

  1. É interessante relatar os sonhos com um psicanalista, em um processo de análise, pois esses conteúdos dizem muito sobre seus medos e seus desejos.
  2. Na paralisia do sono, a pessoa não consegue executar movimentos corporais de forma voluntária e pode apresentar algum tipo de alucinação e geralmente trata-se de uma experiência traumática (a pessoa se sente angustiada, não consegue se movimentar).

Ocorre ao despertar ou logo ao adormecer. No sonho lúcido, a pessoa tem a sensação de que consegue controlar ou manipular os cenários oníricos. A pessoa pode ter sonho lúcido e paralisia do sono. Um não exclui o outro. Olá! Faça uma consulta com um Neurologista em paralelo com um bom Psicólogo Cognitivo Comportamental Racional Emotivo e Hipnoterapeuta.

  • Olá, os sonhos lúcidos costumam ocorrer durante o sono REM, ou sono profundo, e paralisia do sonho ( tipo de distúrbio), normalmente, ocorre entre o sono e a vigília, sono leve.
  • Mas é preciso ir ao um especialista, pois é necessário saber a frequência, como são seus hábitos de dormir, entre outras situações.

Um neurologista seria uma opção, e um psicólogo especialista em sono. Espero ter ajudado. É importante maiores detalhes para uma avaliação mais fidedigna, sugiro que procure um neurologista e inicie um tratamento psicoterapico para melhor entendimento desses sonhos.

Me coloco a disposição. Imagino que a recorrência desse tipo de sonho te deixa um pouco intrigado. No entanto, isso te causa sofrimento? De que ordem? Caso cause um intenso sofrimento, cabe procurar um neurologista, um psicólogo ou um psiquiatra. Se não for esse o caso, só é possível “explicar” esse sonho com o conhecimento do seu conteúdo, algo que pode acontecer em uma sessão de psicoterapia.

Na paralisia do sono, a pessoa fica paralisada e não consegue se movimentar, vem a vontede de levantar e não conseguir. No sonho lúcido, existe a percepção de que é possível controlar o sonho e se movimentar conforme sua vontade ou desejo. Olá! Seria preciso mais informações para avaliar esse tipo de sonho.

You might be interested:  O Que Significa Sonhar Com Louça Suja

Se isso está te causando sofrimento você pode procurar por um médico do sono para analisar como ele está funcionando ou um neurologista. Há otorrinos que também são especialistas no sono. Se os conteúdos dos sonhos te incomodam, sessões de psicoterapia podem te ajudar a ter consciência deles. Espero ter ajudado! Te convidamos para uma consulta: Consulta psicologia – R$ 140 Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.

Olá. Quando sonhamos, estamos produzindo uma metáfora, encenando algum aspecto, algum conflito, algum desejo realizado, a partir de fragmentos da percepção e elementos internos do nosso psiquismo. Dessa forma, tudo o que é sonhado – seja lugares estranhos, pessoas, atitudes, situações inusitadas ou repetitivas – refere-se ao sonhador.

  • Quando, enfim, relatamos o sonho a alguém, é necessário entender que o outro jamais terá acesso ao sonho tal como o sonhamos; isso é uma experiência singular e incompartilhável.
  • O relato do sonho, porém, é compartilhável, mas não deixa de ser também uma criação do sonhador, agora falante.
  • E é a partir dessa segunda criação, o relato, que podemos começar a tentar compreender o que está acontecendo.

Quando você diz que controla algumas coisas no sonho, mas não consegue sair dele ou acordar, é possível que esteja comunicando sobre um momento de sua vida no qual se encontra. Sonho lúcido ou paralisia do sonho? Ou talvez “será que é bom ou ruim?”. Você traz em sua questão dois sentimentos que se intercalam, relacionados a potência e impotência; controlar ou ser controlado e, ao que parece, manifesta sua ambivalência em relação a esses sentimentos.

O que fazer para afastar um espírito obsessor?

Como evitar os obsessores? Você já deve ter conhecido pessoas que só reclamam. Neste caso, o espiritismo orienta que devemos destruir esse domínio, colocando-se em guarda com seu anjo, a ponto de a ação do obsessor sucumbir.

Quais são os tipos de paralisia do sono?

Paralisia do sono se trata de um distúrbio caracterizado pela paralisia temporária do corpo humano e ela pode ocorrer em dois cenários. O primeiro, é quando o corpo entra em em estado inconsciente antes da mente, já o segundo, é quando a mente desperta durante o sono REM.

Quando sonhamos estamos em sono profundo?

Qual é a relação entre os sonhos e o sono de qualidade? – O sono REM é conhecido como o mais profundo. Por isso, é nele que temos os sonhos mais longos e complexos. Ou seja: sonhar tem uma relação com o sono profundo e, portanto, com o sono de maior qualidade,

Como saber se você é Onironauta?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Onironauta (do grego óneiros, sonho, e náutés, navegante/explorador) é uma pessoa que explora sonhos lúcidos, dominando-os e conduzindo seus eventos, habilidade conhecida como Onironáutica, do inglês Oneironautics,

O que acontece depois da paralisia do sono?

Nos episódios de paralisia do sono, acontece o seguinte: na passagem do estado de sono para a vigília, ou vice-versa, os movimentos musculares voluntários são inibidos. Os movimentos oculares e respiratórios permanecem inalterados e a percepção do ambiente imediato é clara.

Quantas vezes é normal ter paralisia do sono?

Apesar desse distúrbio do sono não ser considerado uma patologia, é recomendado procurar um médico quando a paralisia do sono se repete múltiplas vezes durante a semana ou mês.

Como saber se estou em um sonho lúcido?

Sonhos lúcidos: quando as sensações parecem reais Sonhos. Há neurocientistas que inclusive consideram a atividade onírica como uma espécie de maneira preditiva do futuro. Mas e quanto aos que referem conseguir controlar o que fazem nos sonhos? A isso chamamos Sonhos Lúcidos e é um pouco do que vamos ver a seguir.

  1. Os sonhos lúcidos envolvem um estado de consciência no qual a pessoa não está nem totalmente desperta, nem em sono profundo e sim em algum lugar no meio do caminho.
  2. Algum meio termo entre o sono e a vigília, que demonstra a complexidade da consciência humana.
  3. Em um sonho lúcido é possível perceber que se está sonhando enquanto o sonho ainda está acontecendo, o que torna possível que o sonhador tenha experiências sensoriais mais vívidas do que costuma ter em sonhos comuns, não lúcidos.

Nestes, é possível controlar alguns aspectos do que se passa nele, desde sair voando, mesmo contrariar as leis da física ou mesmo ir parar dentro de uma partida de videogame. Entretanto, nos sonhos lúcidos, ainda que seja possível ter algum controle do que acontece, não é possível comandar a totalidade do que acontece em um sonho desse tipo.

  1. Os sonhos lúcidos tem um histórico de serem bastante desacreditados por muitas pessoas, que argumentam estar o sonhador apenas muito relaxado, mas ainda acordado, dando asas à imaginação.
  2. Porém, há argumentos contrários também.
  3. Uma série de estudos demonstrou de forma convincente que o funcionamento cerebral durante os sonhos lúcidos se dá de maneira diferente se comparado ao que acontece aos sonhos comuns, bem como em estado vigil.

Tais estudos mostram que os sonhos lúcidos apresentam características tanto de um, como de outro. Os sonhos lúcidos costumam ocorrer durante o sono REM (rapid eye movement), ou sono profundo, e estão relacionados à uma maior atividade de partes do cérebro como o córtex pré-frontal e uma região chamada precúneo (região superior do lobo parietal), em comparação com os sonhos não lúcidos.

  1. Tais regiões do cérebro estão relacionadas ao estado de consciência e aos comportamentos deliberados, propositais.
  2. Durante o sono REM o corpo permanece praticamente paralisado, à exceção dos globos oculares que se movem bastante, em movimentos rápidos.
  3. Neurocientistas que se debruçaram nesta questão utilizaram justamente esse movimento dos olhos durante o REM para verificar quando alguém está tendo um sonho lúcido, neste caso com uma ajudinha do próprio sonhador.

Enquanto a pessoa ainda estava acordada, era combinado um sinal com os olhos que serviria para avisar quando a pessoa estivesse tendo um sonho lúcido, como por exemplo mover os olhos duas vezes para a esquerda e duas vezes para a direita em seguida, por exemplo.

Desse modo, afirmou-se ser possível comparar a atividade cerebral entre os dois tipos de sonho: lúcido e não lúcido, uma vez sendo possível controlar os sinais oculares durante o sono. É possível treinar sua habilidade de ter sonhos lúcidos com algumas técnicas, conforme segue: Teste de Realidade: Explorada no filme “Inception” (A Origem), deve-se criar o hábito de analisar várias vezes ao dia o meio a sua volta enquanto se está acordado, e indagar-se se está acordado ou sonhando.

Depois, é necessário realizar um teste para tal averiguação. Alguns dos testes de realidade mais comuns consiste em reler um texto, ou tentar inspirar o ar pela boca com a boca fechada. Nos sonhos, geralmente os textos tendem a mudar quando lidos mais de uma vez.

  • Tentar inspirar o ar pela boca com a boca fechada irá promover a estranha sensação de que o ar está, de fato, entrando pela boca, mesmo com os lábios cerrados.
  • Ao criar o hábito de testar a realidade na vida de vigília, ou seja, enquanto ainda acordado, existe uma chance maior de que o indivíduo seja capaz de testar a realidade enquanto dorme, produzindo um sonho lúcido.
You might be interested:  O Que Significa Sonhar Com Pena

Ao realizar o teste, as coisas podem ficar surreais, possibilitando que o sujeito perceba que está de fato em um sonho. Outra técnica é a indução mnemônica de sonhos lúcidos. Ao deitar-se para dormir, o indivíduo deverá repetir mentalmente para si mesmo que vai se lembrar do que está sonhando, ou, que terá um sonho lúcido.

Ao mesmo tempo, deverá imaginar que está dentro de um sonho que teve recentemente e que estava consciente de estar sonhando. Muitas pessoas relatam dificuldades em lembrar dos seus sonhos. Uma alternativa é tentar criar o hábito de guardar papel e caneta próximo à cama para que possa anotá-los logo ao acordar.

Assim, a possibilidade de ter um sonho lúcido pode aumentar. Outra forma de tentar vivenciar sonhos lúcidos é nos dias em que é possível acordar e voltar para cama, por exemplo. A ideia é programar um alarme para 5h ou 6h após ter ido dormir. Ao acordar com o alarme, tente permanecer acordado por cerca de 10min e então voltar a dormir.

  1. Esse período em que esteve acordado é uma boa oportunidade para praticar uma espécie de indução mnemônica dos sonhos lúcidos.
  2. O ideal é que a última coisa a passar pela cabeça antes de adormecer seja justamente a intencionalidade de estar consciente durante o sonho, possibilitando iniciá-lo mesmo ainda em estado de vigília, ao invés de se tornar lúcido em um sonho após o seu início.

Há diversos relatos de pacientes na clínica em relação à experiência de sonhos lúcidos e, aparentemente, nem tudo vai ser só diversão durante esse tipo de sonho. Algumas coisas podem fugir do controle. A mente da pessoa que sonha pode levar para dentro do sonho lúcido lembranças ou pensamentos desconfortáveis, ficando estes mais vívidos do que de costume.

Especialmente quando a técnica de sonhos lúcidos induzidos pela vigília é utilizada, existe chance de acabar emendando um sonho lúcido em uma situação de paralisia do sono, que pode ser bastante desagradável. Na paralisia do sono, o indivíduo acorda mas não consegue se mexer, sendo capaz de ver e ouvir o que se passa ao redor, mas sem conseguir interagir ou despertar de fato.

Explicando a groso modo, nas situações de paralisia do sono, o cérebro desperta mas os músculos continuam adormecidos, causando a impossibilidade de movimentação momentânea. Uma situação potencialmente assustadora para muitas pessoas. Por fim, sonhar, quer seja um sonho lúcido ou comum, faz parte de dormir, atividade que não deve nunca ser negligenciada, pois a privação de sono acarreta em grandes prejuízos à saúde geral do organismo.

O que significa sonhar que está se vendo dormindo?

O que significa sonhar que está dormindo? | Esoterismo | O DIA Entenda o que representa sonhar que está dormindo Reprodução de Internet Por O Dia Publicado 11/12/2020 13:05 Rio – Sonhar que está dormindo simboliza que você está cansado e, por isso, está negligenciando alguma esfera da vida. Também pode representar desconhecimento do que está acontecendo ao seu redor.

Sonhar que está dormindo na cama Sonhar que está dormindo no chão Sonhar que está dormindo com um estranho Sonhar que está dormindo com o namorado (a) Sonhar que está dormindo no trabalho Sonhar que está dormindo sozinho

Você está cansado mentalmente e fisicamente. Esse sonho indica que você precisa urgentemente de uma longa noite de sono. A qualidade do seu sono provavelmente não está boa. Você está tão cansado que qualquer lugar é oportuno para dormir. Tente descansar! A pessoa estranha que apareceu no sonho é uma representação do próprio sonhador.

Você está negando alguma esfera da sua vida que te causa sofrimento. Tente encarar os seus problemas.Provavelmente você está negligenciando algum ponto do seu relacionamento. Perceba o que está acontecendo e tente resolver os problemas com o seu parceiro. Você não está por dentro das coisas que acontecem no seu ambiente de trabalho.

Acorde! Procure conversar com as pessoas e entender o que está acontecendo para não ser pego de surpresa. Esse sonho representa que você sofreu alguma decepção amorosa recentemente e está magoado. : O que significa sonhar que está dormindo? | Esoterismo | O DIA

Como saber se é sonho ou realidade?

Baixe em PDF Baixe em PDF Saber que você está sonhando pode ser importante, principalmente quando ele é bastante intenso. Isso é ainda mais importante ao tentar experimentar sonhos lúcidos, querer saber se está acordado ou sonhando após um choque ou um acidente. Às vezes, nossos sonhos podem parecer mais reais que nossa vida, mas é possível aprender a descobrir se está dormindo ou acordado.

  1. 1 Tente perceber se está sonhando acordado. Apesar de parecer algo estranho, é necessário “testar” os sonhos lúcidos durante o dia para saber se aquilo é ou não realidade. A razão para isso é a seguinte; ao adquirir o hábito de perceber se está sonhando enquanto acordado, a pessoa também adotará esse hábito durante um sonho.
    • Ao criar o hábito de verificar se você está sonhando durante um momento em que deveria estar acordado, a mente se acostumará a “checar” o estado da realidade (se a pessoa está acordada ou sonhando). Tente criar o hábito durante uma das ações a seguir: ao ler um pedaço de papel, ao pensar se você está sonhando, ao tentar mexer objetos ou ao ler as horas. Quando o hábito ocorre durante um sonho e não “normalmente”, é sinal de que a pessoa está realmente sonhando.
    • Caso esteja acordado, pode ser uma boa ideia analisar o porquê de estar preocupado se está ou não sonhando. Por exemplo: você foi envenenado ou consumiu drogas? É vítima de um acidente? Está enfrentando alucinações? Está com uma concussão ou qualquer outro tipo de lesão? Se estiver com algum problema que interfira na sua capacidade mental ou emocional, ligue para a emergência médica ou peça ajuda para alguma pessoa que esteja por perto.
  2. 2 Faça uma série de “testes de realidade”. Se estiver sonhando, as coisas não estarão “normais”. Os “testes de realidades” formam uma parte regular dos sonhos lúcidos e são uma maneira de mantê-lo envolvido de forma mais ativa nesse tipo de devaneio. Algumas pessoas gostam de realizar os “testes de realidade” enquanto estão acordadas, já que isso aumenta as oportunidades de ter um sonho lúcido.
  3. 3 Verifique o ambiente. As aparências do “mundo dos sonhos” são bastante enganosas, com distorções comuns e bastante frequentes. Se o sonho está acontecendo em sua própria casa ou em um local onde fica bastante tempo, olhe os objetos em comum. Algo parece estar diferente da última vez que o viu? Por exemplo: há uma janela no lugar daquela pintura que gosta? Este é um sinal claro de que tudo é um sonho.
  4. 4 Observe os indivíduos a sua volta. Sem dúvida, você está sonhando se verificar que pessoas que já falecerão estão conversando por perto. O porquê de estar falando com elas é outro assunto – também relacionados a sonhos e a interpretação dos mesmos –, mas apenas o fato de estarem presentes e conversando de forma casual já é um sinal de que tudo não passa de um sonho.
    • Você está confraternizando com pessoas que odeia como se fossem seus melhores amigos? Sim, com certeza é um sonho!
    • Seu avô desenvolveu poderes extraordinários de uma hora para outra? Um irmão ou irmã começou a tratá-la com carinho?
    • Se for possível perceber que está em um local familiar, há como reconhecer as pessoas que estão por perto ou são estranhos completos?
  5. 5 Olhe para você mesmo. Veja como estão seus pés, mãos, pernas e outros membros. Eles estão com o formato normal? Está com dedos a mais ou a menos? Alguma parte do corpo está desfigurada? A cor do cabelo e seu comprimento estão normais ou foram alterados? Encontre um espelho e observe o próprio reflexo. Como ele está? Ao sonhar, a aparência do indivíduo estará, muito provavelmente, bastante distorcida ou borrada. Publicidade
  1. 1 Teste suas forças e habilidades. Se conseguir voar ou levantar um tanque, é óbvio que esse não é o mundo real. No entanto, lembre-se de que os estados de sonhos lúcidos podem proporcionar os melhores momentos para realizar certas ações físicas que são úteis quando estiver acordado.
    • Experimente levitar ou flutuar. Se conseguir, é mesmo um sonho.
    • Você consegue falar normalmente? Caso perceba que a voz está rouca ou sequer está saindo de sua própria boca, isso é apenas um sonho.
    • Tente pular sem sair do lugar. É possível pular muito longe ou manter-se no ar por um longo período (como se estivesse na lua)? Ou você pulou diretamente para cima e fez um grande estrondo ao cair?
    • Há como mudar objetos de lugar sem se aproximar deles?
    • Você consegue ligar e desligar a luz usando apenas a força do pensamento? Note também que o nível da luz raramente muda ao ligar ou desligar um interruptor durante um sonho. Saiba que nem todo defensor de sonhos lúcidos acredita que esse teste é confiável – para alguns, nada muda quando a luz acende ou apaga.
    • É possível fazer com que objetos surjam em sua frente apenas desejando?
  2. 2 Fique de olho nos acontecimentos do cotidiano. Uma boa maneira de saber se tudo não passa de sonho é perceber se você está agindo normalmente enquanto está acordado. Se no “mundo real”, por exemplo, for necessário girar a chave uma vez para abrir a porta do seu quarto, mas desta vez foi preciso girá-la três vezes – mesmo que seja algo impossível, na realidade –, é sinal claro de que você está em um sonho.
  3. 3 Faça um teste de leitura. Esse teste deve ser feito enquanto acordado. Leia algo, desvie o olhar e leia o texto novamente. Se tudo estiver dentro da normalidade, o texto continuará igual. O objetivo é reforçar isso como uma ação para que a mente saiba se está ou não sonhando.
    • Deixe algo para ler ao lado da cama. Caso tenha acabado de sair de um sonho lúcido, é possível que você ainda esteja sonhando. Do contrário, estando acordado, não deverá ser difícil de ler o texto que deixou por perto.
    • Leia as horas em um relógio digital ou de ponteiro. Esse teste é uma variante do teste de leitura; novamente, se os números digitais estiverem borrados, com uma numeração que não faz sentido ou encontrar um monte de ponteiros no relógio, isso é tudo um sonho.
    • Identifique padrões complexões, o que também se encaixa no teste de leitura e relógios. Observe padrões, como uma parede de tijolos, a pavimentação do chão ou o design de móveis. Tais padrões ficam sempre iguais ou eles mudam constantemente?

    Publicidade

  1. 1 Saiba os sinais mais comuns de sonhos. Existem algumas experiências mais frequentes e que praticamente todas as pessoas enfrentam durante os sonhos, indicando que de fato o indivíduo não está acordado. Esses sonhos geralmente trazem à tona medos inconscientes, e é quase impossível encontrar alguém que não tenha tido um pesadelo do tipo em algum momento da vida.
    • Pense no que deseja sonhar antes de adormecer.
    • Deixe que uma imagem entre em sua mente, associando-a com o sonho desejado.
    • Continue “visualizando” a imagem enquanto estiver “pegando” no sono.
  2. 2 Saiba mais dos sonhos comuns com componentes físicos. Os sonhos com sensações físicas são bastante comuns, fazendo com que o indivíduo sinta que está realmente voando, caindo ou correndo. Quando algo assim ocorre, o indivíduo acorda assustado e perdido. Veja a seguir alguns tipos comuns desses sonhos:
    • Voar sem precisar de ajuda.
    • Cair “infinitamente”. O susto repentino por estar caindo pode acabar acordando a pessoa rapidamente.
    • Ser perseguido e atacado por um monstro, uma criatura estranha ou alguém perigoso.
    • Paralisia; algo está ameaçando o indivíduo, mas ele fica parado, pois não consegue se mexer.
    • A visão parece estar embaçada; é difícil ver com clareza e não há como controlar os pensamentos e ações.
    • Partes do corpo faltando, em especial os dentes.
  3. 3 Pergunte a si mesmo se esse pesadelo não está acontecendo por algo que o deixou nervoso e inquieto na vida real. Esses sonhos ocorrem frequentemente após a pessoa não ter feito algo (e se arrependeu), por estar dormindo nu ou por não estar preparada para um evento importante, deixando-a em um estado nervoso mesmo adormecida. Alguns desses sonhos são:
    • Estar perdido em um local que conhece bem.
    • Ficar nu em público (caminhando no centro da cidade, ao tomar o ônibus, durante uma aula, etc.).
    • Dispositivos mecânicos – que geralmente funcionam sem qualquer problema – quebram ou não ajudam a pessoa, principalmente se forem necessários para escapar de algo perigoso.
    • Fazer uma prova e não saber responder nada. Pior ainda é fazê-la totalmente nu!
    • O “sonho do banheiro”. Este pode causar algumas complicações ao sentar no vaso sanitário imaginário, pois molhará toda a cama na vida real. E não, isso não acontece apenas com as crianças!

    Publicidade

Esta página foi acessada 77 550 vezes.